Cuiabá, 12 de Junho de 2024
DÓLAR: R$ 5,41
FTN Brasil | Jornal de Verdade

Viagens e Gastronomia Terça-feira, 28 de Maio de 2024, 08:55 - A | A

28 de Maio de 2024, 08h:55 A- A+

Viagens e Gastronomia / CIDADE LUZ

Paris pelo chef Rafa Gomes: Restaurantes, passeios e dicas

Chef carioca morou anos na capital francesa, onde trabalhou ao lado de profissionais estrelados e abriu restaurante com toques brasileiros

CNN VIAGEM E GASTRONOMIA
DO VIAGEM E GASTRONOMIA

Por alguns bons anos, Paris foi a casa de Rafael Gomes fora do Brasil. Na Cidade Luz, o carioca chegou a ser chef executivo do restaurante GrandCoeur ao lado de Mauro Colagreco, argentino que comanda o três estrelas Mirazur, na Provence, onde Rafael também possui passagem.

Formado em gastronomia pelo Institute of Culinary Education, em Nova York, Rafa atuou por quase duas décadas no exterior e trabalhou ainda no três estrelas Eleven Madison Park, do chef Daniel Humm. Teve destaque ainda em realities gastronômicos, saindo vencedor do MasterChef Profissionais 2018, da Band, e de seu episódio no Iron Chef Brasil 2022, da Netflix.

Acesse nosso canal de notícias no WhatsApp pelo link: FTN BRASIL

Em Paris, esteve à frente do Itacoa, pequeno restaurante de comida mediterrânea com toques brasileiros que ficava no 2º arrondissement. Apesar de fechar na França, o restaurante desembarcou no Rio em 2019, onde Rafa prepara menus sazonais com ingredientes locais e orgânicos.

No Rio, o chef mantém, além das duas unidades do Itacoa, o Tiara e o Tin Tin Botequim, além de assinar o menu do novo hotel Mahré, em São Miguel dos Milagres.

A verdade é que o amor do chef por Paris é eterna, e apesar de não morar mais lá, é destino frequente em suas férias. Confira a seguir, restaurantes, bares, padarias e passeios por Paris pelos olhos de Rafael Gomes:

 

Restaurantes, bares e confeitarias em Paris:

  • La Poule au Pot

Aberto há mais de 80 anos, o La Poule au Pot é hoje uma das casas lideradas pelo chef Jean-François Piège. É um restaurante para provar os clássicos da gastronomia francesa em um local que respira história.

Meus itens prediletos do menu são o steak tartare, que é preparado na nossa frente, e o crème brûlée.

La Poule au Pot: 9 rue Vauvilliers, 75001 Paris, França / Horário de funcionamento: de terça a sábado, das 12h às 14h30 e das 19h às 23h.

  • Le Relais de La Butte

Terraço do Le Relais de la Butte, em Paris
Terraço do Le Relais de la Butte, no charmoso bairro de Montmartre / Reprodução/site

É um ótimo lugar no tradicional bairro de Montmartre para aproveitar o apéro francês, ou seja, um momento de prazer ao lado de familiares e amigos. Com o verão chegando, nada melhor do que sentar no terraço externo e apreciar uma culinária francesa local com vista para um outro lado de Paris.

Le Relais de La Butte: 12 Rue Ravignan, 75018 Paris, França / Horário de funcionamento: todos os dias, das 8h à 1h. 

  • Les Enfants Du Marché

 

A ideia do restaurante é degustar pratos com ingredientes frescos e sazonais em um balcão dentro do Marché des Enfants Rouges, um dos mercados mais antigos de Paris, situado no bairro de Marais.

Quem está por trás da empreitada de poucos lugares é Michael Grosman, que serve menus sazonais e vinhos de baixa intervenção na pegada bistronomique, restaurante francês informal com comida de alta gastronomia.

Les Enfants Du Marché: 39 Rue de Bretagne, 75003 Paris, França / Horário de funcionamento: de terça a sábado, das 12h às 22h; domingo, das 12h às 17h.

  • Boulangerie Mamiche

É impossível sair desta boulangerie com apenas uma coisa. Tudo é muito bom! São duas unidades em Paris, no 9º e no 10º arrondissement, em que ambas oferecem pães, doces e sanduíches caseiros. Entre os itens há croissants, pain au chocolat, éclairs, beignets e fornadas diárias de sourdough, para citar alguns.

Boulangerie Mamiche: unidades na 45 Rue Condorcet e na 32 Rue du Château d’eau, Paris, França / Horário de funcionamento: terça a sexta-feira, das 8h às 20h; sábado, das 8h às 19h.

  • Le Boeuf sur le Toit

 

Aberto em 1922, o Le Boeuf sur le Toit foi palco para apresentações e encontros de artistas e pessoas da moda, a exemplo de Christian Dior e Coco Chanel. Hoje ele ainda evoca o glamour das décadas passadas com sua decoração art déco. Indico o local para um jantar seguido de uma noite animada com música e show.

À mesa são servidos clássicos de brasserie, como steak tartare, escargots, lagosta e linguado à meunière. Durante a semana, os jantares são acompanhados de música ao vivo, mas todas as quintas, sextas e sábados há shows no estilo cabaré e comédia musical.

Le Boeuf sur le Toit: 34 Rue du Colisée, 75008 Paris, França / Horário de funcionamento: restaurante e bar de segunda-feira a sábado, das 19h às 2h; fechado aos domingos.

  • Danico

 

O Danico é um bar de alta coquetelaria que fica nos fundos de um restaurante italiano chamado Daroco Bourse. Atrás das cortinas, o bar de ambiente intimista tem móveis de veludo e um balcão de mármore.

A carta muda com frequência e é assinada pelo mixologista francês Nico de Soto. O trabalho da equipe faz com que o bar seja um dos melhores da capital francesa, em que aparece na 51ª posição na lista estendida de melhores bares do mundo do 50 Best e no 35º lugar entre os 500 melhores do mundo do ranking Top500 Bars.

Danico: 6 Rue Vivienne, 75002 Paris, França / Horário de funcionamento: todos os dias, das 18h às 2h.

  • L’As du Fallafel

 

O L’As du Fallafel é daqueles endereços “must go” de Paris, já que o local serve sanduíches e falafel que são considerados os melhores de toda a cidade. Aberto desde 1979, é uma paradinha disputada no bairro de Marais. Ou seja, é certeza de que terá fila, mas vale a pena esperar.

É possível pegar o pedido e sair comendo pelas ruas da região, mas também vale esperar e sentar em uma das mesinhas do salão. Shawarma, shakshuka, schnitzel e saladas também estão no cardápio por um preço acessível.

L’As du Fallafel: 34 Rue des Rosiers, 75004 Paris, França / Horário de funcionamento: domingo a quinta-feira, das 11h às 23h; sexta-feira, das 11h às 17h; fechado aos sábados.

  • Yann Couvreur Pâtisserie

 

Considerado por muitos um dos melhores confeiteiros franceses da atualidade, Yann Couvreur é parisiense de nascença e espalhou sua pâtisserie com várias unidades pela cidade. Suas criações levam ingredientes frescos e frutas da época, sem conservantes, corantes e nem adição de sabores.

Entre os itens mais conhecidos estão o praliné, o flan de baunilha e a torta de limão e coco. Há uma loja dentro da Galeries Lafayette, assim como filiais em MiamiDubai e em Seul.

Yann Couvreur Pâtisserie: confira todos os endereços e horários no site.

  • Lolo cave à manger

 

O Lolo cave à manger é um bar de vinhos e restaurante liderado pela dupla Loïc Minel e Christophe Juville no 9º arrondissement. É um lugar descolado de cozinha aberta, de onde saem pratos para compartilhar a partir de um cardápio enxuto.

Ostras, cavala com óleo de figo, nhoque com ensopado de veado e abóbora e tarte tatin com creme de missô podem estar entre as escolhas junto de uma seleção de vinhos naturais.

Lolo cave à manger: 12 Rue de Châteaudun, 75009 Paris, França / Horário de funcionamento: segunda-feira a sábado, das 19h à 0h.

  • Mojju

 

No 7º arrondissement, o Mojju é o novo restaurante do chef Thibault Sombardier e já tem feito certo barulho na cena parisiense, já que a casa é uma mistura de bistrô francês com um hanok coreano. O cardápio demonstra isso ao oferecer itens que são um verdadeiro tributo à comida coreana, com direito a menu à la carte e menu degustação. Ao meu ver, a comida é deliciosa e o preço é acessível.

Mojju: 4 Rue de l’Exposition, 75007 Paris, França / Horário de funcionamento: terça-feira a sábado, das 12h às 14h e das 19h às 22h; fechado aos domingos e às segundas-feiras.

Passeios em Paris:

  • La Samaritaine

Fachada da La Samaritaine, em Paris
Fachada da La Samaritaine, emblemática loja de departamento em frente à Ponte Neuf / Jared Chulski/Reprodução/Instagram

Após 16 anos fechada, a loja de departamentos La Samaritaine, uma das mais emblemáticas de Paris e de toda a França, foi reinaugurada em 2021 com muita pompa. São 70 mil m², sendo 20 mil apenas para o varejo, assim como sete opções gastronômicas e sete andares.

Em frente à Ponte Neuf e ao Rio Sena, a loja é uma joia arquitetônica do fim do século 19 e hoje possui ares mais contemporâneos, como a fachada toda envidraçada do edifício anexo. Vizinho à loja fica o Cheval Blanc Paris, hotel com três chaves Michelin.

La Samaritaine: 9 Rue de la Monnaie, 75001 Paris, França / Horário de funcionamento: todos os dias, das 10h às 20h.

  • Jardin du Palais Royal

Árvores enfileiradas com Palais Royal, em Paris, ao fundo
Árvores enfileiradas em frente ao Palais Royal, em Paris / Wikimedia Commons

Vizinho ao Louvre, o Jardin du Palais Royal é um refúgio no meio da cidade. É um lugar ideal para apreciar e para relaxar entre uma caminhada e outra por conta da atmosfera bela e calma, sendo arborizado e bem cuidado.

O jardim fica em frente ao Palais Royal, erguido no século 17, e em seu entorno há restaurantes, cafés, galerias de arte e antiquários.

Jardin du Palais Royal: 2 Gal de Montpensier, 75001 Paris, França.

  • Rue du Nil

Esta pequena rua no 2º arrondissement possui apreço pelos foodies, gourmets e antenados, uma vez que é possível encontrar de tudo um pouco. Há boulangerie, peixaria, açougue, restaurantes variados e bar de vinhos, tudo de ótima qualidade. O bom é que ela também fica a poucos metros da estação de metrô Sentier.

Rue du Nil, 75002 Paris, França.

 

Comente esta notícia

NOTÍCIAS DO BRASIL E DO MUNDO