Cuiabá, 20 de Julho de 2024
DÓLAR: R$ 5,60
FTN Brasil | Jornal de Verdade

Política e Eleições Terça-feira, 23 de Janeiro de 2024, 14:24 - A | A

23 de Janeiro de 2024, 14h:24 A- A+

Política e Eleições / APÓS AUMENTO SER SUSPENSO

Município de Cuiabá aguarda decisão do Tribunal de Justiça sobre a taxa de lixo

Ainda destacou que no TJ tramita uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) proposta pelo Ministério Público do Estado (MPE), que já havia requerido a suspensão do decreto municipal que elevou o valor da taxa

ELISA RIBEIRO
DA REDAÇÃO

A Procuradoria-Geral do Município afirmou, por meio de nota, que avaliará a medida da Câmara de Cuiabá que suspendeu o aumento de 212% na taxa de lixo.

Ainda destacou que aguarda decisão do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), onde tramita uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) proposta pelo Ministério Público do Estado (MPE), que já havia requerido a suspensão do decreto municipal que elevou o valor da taxa.

Acesse nosso canal de notícias no WhatsApp pelo link: FTN BRASIL 

Veja abaixo a nota:

O Município permanece no aguardo da decisão do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), sob a relatoria do desembargador Rui Ramos, que irá decidir quanto à Ação Direta de Inconstitucionalidade proposta pelo MPE, com relação ao número de isentos da cobrança em Cuiabá, aprovado pela Câmara Municipal.

Segundo o MPE, quase 75% da população é contemplada com a isenção do tributo. Fato este, considerado pelo MPE, ofensa aos princípios constitucionais da isonomia e proporcionalidade tendo em vista que uma pequena parcela dos contribuintes pagará um valor maior pelo tributo.

Por fim, quanto maior o número de isentos maior será o valor aos demais munícipes pagantes.

Comente esta notícia

Esse est et proident pariatur exercitation