Cuiabá, 20 de Julho de 2024
DÓLAR: R$ 5,60
FTN Brasil | Jornal de Verdade

Política e Eleições Quarta-feira, 08 de Maio de 2024, 13:02 - A | A

08 de Maio de 2024, 13h:02 A- A+

Política e Eleições / "JANELA DE REMANEJAMENTO"

Ministro Padilha sugere que deputados direcionem emendas para o resgate emergencial no RS

De acordo com Padilha, o Governo Federal já está ajudando com R$ 542 milhões para os municípios do estado e mais R$ 246 milhões devem ser repassados ainda nesta semana

ELISA RIBEIRO
DA REDAÇÃO

O ministro Alexandre Padilha, da Secretaria de Relações Institucionais (SRI) da Presidência da República, anunciou nesta terça-feira( 07), a criação de um rito especial para que emendas parlamentares voltadas aos municípios gaúchos afetados pelas cheias. Com prioridade orçamentária e tramitação mais célere, esses recursos poderão ser destinados para custear ações de defesa civil, saúde e assistência social.

Até agora, o governo federal já realizou o pagamento de R$ 542 milhões de emendas aos municípios gaúchos. Outros R$246 milhões já foram processados e devem ser pagos ainda nesta semana, além de mais R$480 milhões de transferências especiais – tipo de emenda individual que pode ser aportada diretamente nos fundos municipais  e de R$62 milhões de emendas de comissão. Com isso, a primeira leva de recursos chega a R$1,330 bilhão.

O ministro Padilha também anunciou a abertura de uma janela de remanejamento para que parlamentares, inclusive de outros estados, apontem recursos às ações emergenciais.

Acesse nosso canal de notícias no WhatsApp pelo link: FTN BRASIL 

Apenas no Rio Grande do Sul, há R$448 milhões de ações já inscritas no orçamento federal que podem ser deslocadas para essa finalidade. O ministro sinalizou que parlamentares de outros estados procuraram o governo a fim de poderem direcionar parte de suas emendas para o Rio Grande do Sul e que o pedido foi prontamente aceito pelo presidente Lula.

Para o ministro, “esse corredor expresso de emendas de resgate emergencial, que foi construído pelo governo federal juntamente com a Bancada Gaúcha no Congresso Nacional, é a resposta célere de um governo preocupado em atender às demandas urgentes da população gaúcha”.

“Eu quero agradecer porque o relator da Comissão Mista de Orçamento já acatou esse relatório. Agora, estamos com a expectativa positiva de que, na sessão do Congresso Nacional, na quinta feira, será modificada a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), permitindo que o governo possa empenhar e pagar antecipadamente mais R$ 480 milhões, disse.

Comente esta notícia

Esse est et proident pariatur exercitation