Cuiabá, 24 de Julho de 2024
DÓLAR: R$ 5,66
FTN Brasil | Jornal de Verdade

Política e Eleições Terça-feira, 23 de Abril de 2024, 08:03 - A | A

23 de Abril de 2024, 08h:03 A- A+

Política e Eleições / ASSEMBLEIA LEGISLATIVA GO

Governador de Goiás sanciona lei que proíbe representantes de agências de modelos em escolas públicas no estado

Muitas vezes as agências cadastram possíveis futuros clientes nos ambientes escolares, iludindo-o com falsas promessas, dispendendo financeiramente muitas famílias humildes que acabam acreditando na falsa proposta

PAULA VALÉRIA
DA REDAÇÃO

No dia 16 de abril foi sancionada pelo governador de Goiás Ronaldo Caiado (UB) a Lei Estadual nº 22.616, originalmente projeto de lei nº 399/23, de autoria do deputado Veter Martins (PRD), que proíbe o ingresso de representantes de agências de modelos, nos ambientes de escolas públicas estaduais, visando ao cadastramento e/ou recrutamento de possíveis futuros clientes de serviços. A lei foi publicado no Diário Oficial do Estado.

Em justificativa, a da matéria aponta que, em todo o Brasil, “são registradas notícias que agências estão cadastrando possíveis futuros clientes nos ambientes escolares, muitas vezes com a finalidade de recrutar o cliente, iludindo-o com falsas promessas, dispendendo financeiramente muitas famílias humildes que acabam acreditando na falsa proposta”.

Veter aponta que, “no mercado, existem inúmeras empresas sérias e prontas para receber potenciais clientes que, por livre e espontânea vontade, procuram esses serviços, não necessitando de cadastramento em ambiente que deve ser utilizado para finalidades pedagógicas”.

Acesse nosso canal de notícias no WhatsApp pelo link: FTN BRASIL

Essas empresas, segundo o parlamentar, já possuem mecanismos de publicidade e de divulgação suficientemente direcionadas aos pais, não a menores em ambientes de ensino.

“Tal abordagem pode ser prejudicial, ainda, pelo fato de o menor poder ser induzido a achar que o futuro como modelo estaria garantido, desviando o foco da aprendizagem”, conclui a justificativa.

Comente esta notícia

Esse est et proident pariatur exercitation