Cuiabá, 14 de Julho de 2024
DÓLAR: R$ 5,43
FTN Brasil | Jornal de Verdade

Política e Eleições Quarta-feira, 10 de Julho de 2024, 07:45 - A | A

10 de Julho de 2024, 07h:45 A- A+

Política e Eleições / EM CUIABÁ

Eduardo Botelho debate mobilidade, alternativas para resgate do centro e melhoria no trânsito

Pré-candidato a prefeito de Cuiabá, Botelho também já adiantou que pretende levar os órgãos municipais para o Centro Histórico, para garantir a ocupação do centro e criando um novo centro político na capital

ELISA RIBEIRO
DA REDAÇÃO

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (União) debateu a mobilidade urbana e a infraestrutura com cerca de 150 pessoas que vivem a cidade, como motoristas de aplicativos, usuários do transporte coletivo, estudantes, lideranças comunitárias, engenheiros, arquitetos e outros representantes da sociedade.

O objetivo é reunir propostas para a elaboração do plano de governo. Um dos grandes debates foi com relação à revitalização do Centro Histórico e como melhorar o trânsito na capital.

“Reunimos aqui hoje usuários do transporte coletivo, quem anda de carro, como quem quer usar a bicicleta e os pedestres, para apresentar algumas das nossas propostas, como a criação de vias estruturantes, melhorando onde tem pontos de congestionamento, melhorando o Centro de Cuiabá, além de uma via expressa em volta do rio Cuiabá, que passe pelo Coophamil até encontrar com a Beira Rio antiga. O importante é ouvir essas pessoas que vivem diariamente os transtornos da cidade e que sentem as dificuldades”, afirmou Botelho.

Acesse nosso canal de notícias no WhatsApp pelo linkFTN BRASIL

Com relação ao Centro Histórico, alguns projetos ousados foram apresentados como a transformação do Morro da Luz em um parque linear, onde as pessoas possam realizar atividades, assim como ocorrem em outros parques da cidade, além do Largo do Rosário, ampliando a área para que sirva como um ponto turístico na cidade.

“Estamos nos propondo a devolver o Centro Histórico ao povo, trazer essa cultura e história para a população. Qualquer cidade que você visita, a primeira coisa que você faz é conhecer o Centro Histórico, e nosso centro hoje está abandonado. Vamos resgatá-lo, revitalizá-lo e colocar à disposição da população e daqueles que vêm visitar Cuiabá, para que possa conhecer nossa história e nossa origem”, explicou o deputado.

Pré-candidato a prefeito de Cuiabá, Botelho também já adiantou que pretende levar os órgãos municipais para o Centro Histórico, para garantir a ocupação do centro e criando um novo centro político na capital, além de um ponto de tecnologia e ainda fazer parcerias com bares e restaurante para movimentar o centro no período noturno.

O parlamentar ressalta que todas as propostas estão sendo pensadas para que possam ser executadas através de parceria com o governo do Estado. A ideia é aproveitar as obras que o governo já iniciou e deve ampliar na capital e associar os projetos da prefeitura para otimizar recursos e tempo.

“O governo já começou a fazer essas melhorias, como a intervenção no Círculo Militar, melhoria no viaduto e a trincheira até a Avenida do CPA e várias outras intervenções que o governo está fazendo. Agora queremos unir as nossas propostas para, com certeza, fazer o melhor projeto de mobilidade para Cuiabá”, explicou.

Botelho lembrou ainda que tem trabalhado com duas metas ousadas: asfaltar 100% de Cuiabá e revitalizar as ruas da capital. “Vamos fazer um grande programa de revitalização de asfalto. Usar recapeamento, micro revestimento, lama asfáltica, para revitalizar o asfalto que está deteriorado e com a vida útil ultrapassada”, declarou.

Acesse nosso canal de notícias no WhatsApp pelo linkFTN BRASIL

Outro ponto debatido durante o encontro é a arborização de Cuiabá. Botelho tem a intenção de devolver o título de cidade verde para a capital. “Queremos realizar um grande programa de arborização, construir parque, como o parque linear no Morro da Luz, uma área que possa ser utilizada pela população para atrair as pessoas para o Centro, para vir conhecer nossas histórias e conhecer as belezas culturais que temos nessa região. Tudo isso para dar mais qualidade de vida e bem-estar para a população. É uma alegria para as pessoas ver sua história, conviver no Centro, com o verde, andar mais tranquilo, você produz mais, trabalha mais”, finalizou.

Comente esta notícia

Esse est et proident pariatur exercitation