Cuiabá, 21 de Julho de 2024
DÓLAR: R$ 5,60
FTN Brasil | Jornal de Verdade

Política e Eleições Terça-feira, 12 de Março de 2024, 12:01 - A | A

12 de Março de 2024, 12h:01 A- A+

Política e Eleições / CHAPA QUENTE EM VG

Flávia Moretti faz duras críticas: "Kalil não tem autonomia e prioriza interesse dos Campos"

Flávia é pré-candidata a prefeita pelo PL e disse que a cidade tem a mesma gestão há decadas

VITÓRIA GOMES
MIDIA NEWS

Pré-candidata a prefeita de Várzea Grande, a advogada Flávia Moretti (PL) fez críticas ao prefeito Kalil Baracat (MDB), disse que ele não tem autonomia para gerir o município e faz uma gestão para atender aos "interesses dos Campos”.

O Kalil está ali para trabalhar pelos interesses dos Campos. Não existe diferença de gestão, é a mesma cartilha e a cidade não se desenvolve”, afirmou, referindo-se ao senador Jayme Campos e ao deputado estadual Júlio Campos, ambos do União.

 

Acesse nosso canal de notícias no WhatsApp pelo link: FTN BRASIL

 

“Os secretários do Kalil são praticamente os mesmos da ex-prefeita Lucimar Campos. Dois exemplos são as secretarias de Comunicação e os Serviços Públicos”, disse.

 

“Isso é prejudicial, não há alternância de poder, não há gestão nova, o que existe é uma troca de cadeiras. O poder não passa de um grupo para o outro, é tudo mais do mesmo... E assim caminha a história de Várzea Grande”, completou

 
 

 

Sem hospital

 

A advogada disse que a gestão de Kalil tem deixado a desejar nas políticas públicas em diversos setores da administração.

 

Flávia citou como exemplos os problemas com abastecimento de água, mobilidade urbana e com a Saúde pública.

 

“São problemas históricos. Hoje, todo paciente de Várzea Grande que precisa de uma cirurgia com mais recursos fica esperando na fila e ainda tem que ir para Cuiabá. A gente depende da Saúde de Cuiabá, porque temos 300 mil habitantes e não temos um hospital municipal em Várzea Grande”, disse.

 

“Vem de décadas essa história de Várzea Grande em que os gestores querem responder o imediato e não a longo prazo para população. Acho que está na hora da gente fazer uma virada de chave, porque a cidade tem uma opção de gestão nova”, disse.

Comente esta notícia

Esse est et proident pariatur exercitation