Cuiabá, 20 de Julho de 2024
DÓLAR: R$ 5,60
FTN Brasil | Jornal de Verdade

Polícia Quinta-feira, 18 de Abril de 2024, 09:48 - A | A

18 de Abril de 2024, 09h:48 A- A+

Polícia / OPERAÇÃO DIVISA

Em Rondonópolis, PC do Mato Grosso do Sul prende autores de homicídio ocorrido em boate de Sonora

Os autores são integrantes de uma organização criminosa do RJ e pretendiam matar um adolescente de 13 anos de idade, no entanto, o alvo foi atingido apenas na perna e sobreviveu, atingindo no tórax a funcionária da boate

PAULA VALÉRIA
DA REDAÇÃO

Na manhã desta quinta-feira (18), a Polícia Civil do Mato Grosso do Sul prendeu no município de Rondonópolis (MT) dois indivíduos, ambos de 24 anos de idade, acusados do homicídio, que vitimou Sabrina Machado, de 18 anos de idade, em uma boate no município de Sonora (MS).

A captura foi uma ação conjunta da Delegacia de Sonora, Delegacia Especializada na Repressão à Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros (GARRAS) e Delegacia Especializada na Repressão ao Narcotráfico (DENAR), com apoio da Polícia Civil do Mato Grosso.

Conforme apurado pela PC, os autores são integrantes de uma organização criminosa oriunda do Rio de Janeiro e no dia dos fatos, na última segunda-feira (15) pretendiam matar um adolescente de 13 anos de idade, pertencente a uma facção rival, oriunda de São Paulo, no entanto, o alvo foi atingido apenas na perna e sobreviveu, enquanto a funcionária da boate, Sabrina Machado, que não tinha participação nenhuma com o crime, foi ferida no tórax, indo a óbito no local. 

Na ocasião, três adolescentes, sendo um de 17 anos e dois de 16 anos de idade, foram apreendidos em flagrante, por terem auxiliado os executores do crime. Eles teriam retirado o alvo da boate, para que os atiradores pudessem atingi-lo.

Durante as investigações, também foi descoberto que antes de fugir para o Mato Grosso, os autores posteriormente identificados como sendo D.W.S. e J.S., de 24 anos de idade, esconderam a arma utilizada, uma pistola calibre .380, com a numeração suprimida, no quintal da casa de um outro adolescente de 16 anos. Esse adolescente também foi apreendido em flagrante. 

Em posse da identificação dos autores, a autoridade policial da Delegacia de Sonora representou pela prisão preventiva dos executores.

Na quarta-feira (17), quando estavam realizando diligências para solucionar um outro homicídio ocorrido no município, que vitimou Juvenal Santos Silva, de 62 anos, que foi morto no lugar do genro, as equipes policiais descobriram também o paradeiro dos autores do homicídio ocorrido na boate Top Dance. 

Acesse nosso canal de notícias no WhatsApp pelo link: FTN BRASIL

E hoje, pela manhã, os dois executores foram presos. Durante o cumprimento dos mandados, um outro indivíduo foi encontrado com drogas e balança de precisão, sendo preso em flagrante por tráfico de entorpecentes.

A ação faz parte da operação “Divisa” deflagrada pela Polícia Civil do Mato Grosso do Sul, para combater o crime organizado na divisa entre o município de Sonora e o Estado do Mato Grosso.

Os autores irão responder por: homicídio simples, posse irregular de arma de fogo de uso permitido, homicídio qualificado na forma tentada e por promover, constituir, financiar ou integrar, pessoalmente ou por interposta pessoa, organização criminosa. 

Comente esta notícia

Esse est et proident pariatur exercitation