Cuiabá, 20 de Julho de 2024
DÓLAR: R$ 5,60
FTN Brasil | Jornal de Verdade

Geral Quarta-feira, 03 de Abril de 2024, 17:03 - A | A

03 de Abril de 2024, 17h:03 A- A+

Geral / ECONOMIA DO ESTADO

Estado de Goiás registra quase 10 mil novas empresas no primeiro trimestre de 2024

O número representa um crescimento de 0,8% em relação a fevereiro, quando foram abertos 3.321 CNPJs no estado, considerando apenas aqueles que não se enquadram como MEIs

PAULA VALÉRIA
DA REDAÇÃO

A Junta Comercial de Goiás (Juceg) registrou, no mês de março, a constituição de 3.347 novas empresas em Goiás, consolidando a alta mês a mês no primeiro trimestre de 2024. O número representa um crescimento de 0,8% em relação a fevereiro, quando foram abertos 3.321 CNPJs no estado, considerando apenas aqueles que não se enquadram como MEIs.

“Trabalhamos para dar liberdade econômica, reduzir a burocracia e facilitar a vida do empresário para que o estado possa gerar emprego e renda”, ressalta o governador Ronaldo Caiado.

Em janeiro, foram constituídos 3.243 novos negócios com o mesmo perfil. Neste ano foram 9.911 novos negócios abertos no estado.

Confira abaixo quantas empresas foram abertas em Goiás mês a mês em 2024:

- Janeiro – 3.243;

- Fevereiro – 3.321 (+2,4% em relação ao mês anterior);

- Março – 3.347 (+0,8% em relação ao mês anterior).

Segundo o presidente da Juceg, Euclides Barbo Siqueira, o resultado indica um cenário positivo para o empreendedorismo em Goiás.

“Se continuarmos seguindo nesse ritmo, chegaremos ao fim do ano com novo recorde, um quadro que, felizmente, já temos visto nos últimos anos”, afirma ele.

Acesse nosso canal de notícias no WhatsApp pelo link: FTN BRASIL

Formalização facilitada

O presidente da Juceg acredita ainda que o aumento reflete o empenho da Juceg e do Governo de Goiás para facilitar a formalização de novos negócios no estado, seja com a desburocratização do processo de abertura ou com o fomento oferecido aos empresários.

De acordo com o relatório mensal da Juceg, Goiânia continua sendo a cidade com mais negócios em Goiás, concentrando hoje 30,6% das empresas ativas no estado.

Dos CNPJs formalizados no primeiro trimestre, 414 possuem capital social superior a R$ 500 mil.

Goiás possui, atualmente, mais de 500 mil empresas não MEIs. Se incluídas as microempresas, esse número sobe para mais de 1,1 milhão de negócios ativos em todo o estado.

Comente esta notícia

Esse est et proident pariatur exercitation