Cuiabá, 21 de Julho de 2024
DÓLAR: R$ 5,60
FTN Brasil | Jornal de Verdade

Polícia Quinta-feira, 21 de Março de 2024, 09:00 - A | A

21 de Março de 2024, 09h:00 A- A+

Polícia / COMBATE AO TRÁFICO

Traficantes e uma adolescente são presos pela Polícia Civil por armazenas drogas de facção criminosa

Os dois adultos foram autuados por tráfico, associação ao tráfico de drogas e corrupção de menores. Já a adolescente responderá a ato infracional análogo ao tráfico de drogas

ELISA RIBEIRO
DA REDAÇÃO

Dois traficantes e uma adolescente foram presos por envolvimento com o tráfico de entorpecentes em Juína, nesta terça e quarta-feira. A Polícia Civil apurou que um dos investigados era, atualmente, o responsável por guardar as drogas de uma facção criminosa.

A adolescente apreendida responde a atos infracionais anteriores, inclusive, pelo homicídio de Rogério Diego dos Santos, morto a golpes de facão em novembro de 2021. Ela chegou a cumprir internação no Sistema Socioeducativo pelo homicídio.

Acesse nosso canal de notícias no WhatsApp pelo link: FTN BRASIL

Na terça-feira, a equipe da Delegacia de Juína flagrou o responsável pela guarda da droga saindo de uma região de mata e depois seguindo para sua residência, quando foi abordado. Com ele, os policiais acharam uma pequena quantidade de entorpecentes em seu bolso e, diante da suspeita, foi feita busca na casa e localizadas mais porções de entorpecentes, balança de precisão e celulares.

Na mata onde o suspeito esteve antes, os investigadores localizaram uma mochila com mais entorpecente e munições de calibre 38. À adolescente, o suspeito disse que entregou comprimidos de ecstasy e porções de maconha.

Na casa da adolescente de 16 anos, os investigadores visualizaram a droga sintética, a maconha e uma balança de precisão. A mãe da menor, que estava na residência, também foi detida.

Os dois adultos foram autuados por tráfico, associação ao tráfico de drogas e corrupção de menores. Já a adolescente responderá a ato infracional análogo ao tráfico de drogas. A investigação apontou que a menor tem atuado na cooptação de pessoas na cidade para o tráfico.

O delegado Ronaldo Binotti Filho representou ao poder Judiciário pela conversão dos flagrantes em prisões preventivas. Em relação à adolescente, diante da reiteração dos atos infracionais, foi encaminhado o pedido da conversão do flagrante pela internação provisória.


Quarta prisão

Nesta quarta-feira (20), outra mulher foi detida em continuidade à investigação da terça-feira. Com D.S.S., de 22 anos, os investigadores apreenderam porções de pasta base, de cocaína e de maconha, além de embalagens e balança.

A suspeita disse que os entorpecentes foram entregues pela adolescente apreendida no dia anterior. Ela também foi autuada por tráfico e associação para o tráfico de drogas.

Comente esta notícia

Esse est et proident pariatur exercitation