Cuiabá, 20 de Julho de 2024
DÓLAR: R$ 5,60
FTN Brasil | Jornal de Verdade

Polícia Quarta-feira, 08 de Maio de 2024, 13:46 - A | A

08 de Maio de 2024, 13h:46 A- A+

Polícia / CRIME BÁRBARO EM MT

Polícia Civil prende cinco foragidos da Justiça em Cuiabá e Várzea Grande com mandados judiciais

Os irmãos: Greison Azevedo Ribeiro, de 9 anos, e Greivison Azevedo Ribeiro, de 8 anos, foram mortos por asfixia, sendo o crime cometido com crueldade e muita tortura

ELISA RIBEIRO
DA REDAÇÃO

Cinco pessoas foragidas da Justiça foram presas pela Polícia Civil, por meio da Gerência Estadual de Polinter e Capturas, durante diferentes diligências deflagradas na terça-feira (07).

As prisões realizadas em poucas horas, ocorreram nas cidades de Cuiabá e Várzea Grande, em cumprimento de mandados judiciais.

A primeira ação foi na manhã de terça-feira (07), no bairro Planalto, em Cuiabá, onde um homem de 40 anos foi preso. Ele estava com a prisão decretada pela Vara Especializada de Violência Doméstica da Capital.

Acesse nosso canal de notícias no WhatsApp pelo link: FTN BRASIL 

Em seguida a equipe da Polinter localizou o segundo procurado de 61 anos, que também estava com a prisão expedida pela 1ª Vara Especializada de Violência Doméstica da Capital. O idoso foi abordado no pátio de um supermercado atacadista, no bairro Morada do Ouro, em Cuiabá.

Já por volta das 12 horas, o terceiro foragido foi preso no bairro Pedra 90. Em desfavor do mesmo foi cumprido a ordem de prisão decretada pela 3ª Vara Criminal da Comarca de Jaciara.

Dando sequência, o quarto suspeito de 55 anos e com mandado de prisão deferido pela 2ª Vara Criminal de Cuiabá, foi preso em uma residência no bairro Canelas, em Várzea Grande.

CRIME BÁRBARO 

A quinta ordem de prisão foi cumprida no bairro Morada do Ouro, contra uma mulher de 30 anos, procurada por homicídio qualificado. No dia 4 de dezembro de 2013, a mulher em conluio com dois adolescentes praticaram o homicídio de duas crianças, em Cáceres.

Os irmãos: Greison Azevedo Ribeiro, de 9 anos, e Greivison Azevedo Ribeiro, de 8 anos, foram mortos por asfixia, sendo o crime cometido com crueldade, tortura, motivo fútil e recurso que dificultou ou impossibilitou a defesa das vítimas.

Conforme apurado, o duplo homicídio foi motivado após uma desavença entre familiares. Os criminosos levaram as vítimas para a beira do rio, onde os irmãos foram mortos. Uma terceira vítima de 5 anos, também foi levada para o local, porém ela conseguiu escapar e fugir.

Todos os cinco presos foram conduzidos até a Polinter para as providências, e encaminhados para audiência de custódia, ficando à disposição do Poder Judiciário.

 

 

 

Comente esta notícia

Esse est et proident pariatur exercitation