Cuiabá, 24 de Julho de 2024
DÓLAR: R$ 5,59
FTN Brasil | Jornal de Verdade

Polícia Sábado, 20 de Janeiro de 2024, 10:36 - A | A

20 de Janeiro de 2024, 10h:36 A- A+

Polícia / INVESTIGAÇÃO

Polícia Civil interroga suspeito e apreende arma utilizada em homicídio em Ribeirão Cascalheira

Suspeito confessou que efetuou quatro disparos contra a vítima

DA REDAÇÃO

O autor do homicídio ocorrido em um bar na terça-feira (16) no município de Ribeirão Cascalheira (900 km a Leste de Cuiabá) foi interrogado na manhã desta sexta-feira (19.01), após se apresentar na presença do advogado na delegacia do município. A ação resultou na apreensão da arma de fogo utilizada no crime.

O crime que vitimou Josílio Ramos de Carvalho, 45 anos, ocorreu em um bar, no Núcleo Habitacional Araguaia, onde a vítima foi alvejada por disparos de arma de fogo, não resistindo aos ferimentos e morrendo no local. A equipe da ambulância do Hospital Municipal foi até o local, porém a vítima já estava em óbito.

Segundo as investigações, a vítima chegou ao bar aparentemente embriagada e bastando alterada, ordenando que a esposa do suspeito fechasse a sua conta no estabelecimento. Diante da situação, o suspeito iniciou uma discussão com a vítima, momento em que entrou para sua casa (aos fundos do bar), pegou a arma de fogo do seu filho e efetuou dois disparos de arma de fogo na região do abdômen da vítima.
 
Acesse nosso canal de notícias no WhatsApp pelo link: FTN BRASIL 
 
O suspeito confessou ainda, que mesmo com a vítima já caída ao solo, se aproximou do corpo e efetuou mais dois disparos. Após o crime, o suspeito fugiu para uma região de mata onde ficou escondido.

Segundo o delegado responsável pelas investigações, Diogo Jobane, como não estava mais em situação de flagrante, o suspeito foi ouvido e responderá em inquérito policial pelo crime de homicídio qualificado, sendo liberado após o interrogatório.


A arma utilizada no crime, pertencente ao filho do investigado, é produto de furto no Tocantins, fato que será investigado em outro inquérito policial para apurar os crimes de receptação e posse ilegal de arma de fogo de uso permitido.

“Foram encontrados dois projéteis no corpo da vítima e um no local de crime. Na arma apreendida foram localizadas duas munições intactas e quatro deflagradas (referentes aos disparos que ele efetuou contra a vítima). A arma de fogo será encaminhada para exame de confronto balístico para reforçar a materialidade de crime e concluir o inquérito com autoria definida e encaminhar para Justiça providências cabíveis”, disse o delegado.  

Comente esta notícia

Esse est et proident pariatur exercitation