Cuiabá, 17 de Julho de 2024
DÓLAR: R$ 5,48
FTN Brasil | Jornal de Verdade

Polícia Quinta-feira, 22 de Fevereiro de 2024, 10:27 - A | A

22 de Fevereiro de 2024, 10h:27 A- A+

Polícia / OPERAÇÃO CATIVO EFÊMERO

PC cumpre mandados com alvo em associação criminosa especializada em sequestros relâmpagos

Vítimas eram obrigadas a fazer transferências bancárias e ceder seus cartões para os criminosos fazerem compras no shopping da Capital

DA REDAÇÃO

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos Automotores (DERFVA), deflagrou na manhã desta quinta-feira (22.02), a Operação Cativo Efêmero, para cumprimento de mandados de prisão e busca e apreensão contra envolvidos em crimes de associação criminosa, roubo e extorsão na modalidade “sequestro relâmpago”, na região metropolitana de Cuiabá.

Na operação são cumpridas três ordens judiciais, sendo dois mandados de prisão e um de busca e apreensão com alvo em uma associação criminosa responsável por uma série de crimes na modalidade, ocorridos entre os meses de dezembro de 2023 e janeiro de 2024. 

O modo de ação dos criminosos consistia em abordar as vítimas em locais estratégicos, efetuar o roubo do veículo e mantê-las em reféns, enquanto as coagiam a realizarem transferências bancárias. Para  prática do crime, os suspeitos simulavam um acidente, dando uma pequena batida atrás do veículo das vítimas, que quando desciam do carro para verificar o dano, eram rendidas.

Além disso, os suspeitos utilizavam os cartões das vítimas, enquanto elas estavam com a liberdade cerceada, para fazer compras em lojas de luxo de shoppings da capital.

Acesse nosso canal de notícias no WhatsApp pelo link: FTN BRASIL

As investigações da DERFVA apontaram que os criminosos eram extramente violentos durante a prática dos crimes, visto que agrediam as vítimas e as ameaçavam com armas de fogo. Em uma das ações criminosas efetuadas pelo grupo, uma das vítimas, por desespero, tentou saltar do veículo em movimento e acabou tendo a perna quebrada. Mesmo ferida, foi recolocada no veículo pelos criminosos e ameaçada, tendo seus pertences subtraídos, inclusive o veículo.

O delegado responsável pelas investigações, João Paulo Firpo Fontes, destacou a complexidade dos casos e a dedicação das equipes policiais no desmantelamento da quadrilha. "A Operação Cativo Efêmero é fruto de um árduo trabalho de investigação realizado por nossas equipes, comprometidas em desvendar esse esquema criminoso e garantir a segurança da população", disse o delegado.

Por outro lado, o delegado titular da unidade, Diego Alex Martimiano da Silva, ressaltou a importância dos detalhes minuciosos da investigação. "Cada elemento coletado e analisado durante esta investigação foi fundamental para reunir elementos informativos e desmantelar esse grupo criminoso", afirmou.

Entre as diversas técnicas de investigação utilizadas para a identificação dos criminosos, chama a atenção a análise das imagens das câmeras de segurança de um Shopping Center de Cuiabá, onde os criminosos foram flagrados efetuando compras com os cartões das vítimas, que foram coletadas e analisadas pelas equipes de investigação. 

Além disso, a investigação resultou na identificação do veículo utilizado como apoio pelos criminosos em, pelo menos, dois dos sequestros relâmpagos perpetrados. A apuração angariou elementos de informação da participação dos integrantes do bando criminoso em, pelo menos, três sequestros relâmpagos ocorridos na capital entre os meses de dezembro de 2023 e janeiro de 2024.

A operação continua com a análise dos elementos de informação obtidos e caminha para novos desdobramentos investigativos. “Deste modo, a DERFVA reforça seu compromisso em garantir a segurança e a tranquilidade da população, agindo de forma firme e eficaz contra a criminalidade. A Operação Cativo Efêmero representa mais um passo importante no combate a essa espécie de delito e na busca pela justiça para as vítimas desses crimes violentos”, destacou Martimiano.

 

Comente esta notícia

Esse est et proident pariatur exercitation