Cuiabá, 24 de Julho de 2024
DÓLAR: R$ 5,66
FTN Brasil | Jornal de Verdade

Polícia Sábado, 20 de Janeiro de 2024, 08:14 - A | A

20 de Janeiro de 2024, 08h:14 A- A+

Polícia / PROTETOR DAS FRONTEIRAS

Força-tarefa apreende meia tonelada de cocaína com símbolo nazista em Conquista D’Oeste

Na tarde desta sexta-feira (19), mais uma ação conjunta das forças de segurança entre o Grupo Especial de Fronteira (Gefron), Polícia Militar e Polícia Federal, resultou na prisão de uma pessoa e na apreensão de 15 fardos de cocaína

PAULA VALÉRIA
DA REDAÇÃO

Na tarde desta sexta-feira (19), mais uma ação conjunta das forças de segurança, após troca de informações entre o Grupo Especial de Fronteira (Gefron), Polícia Militar e Delegacia de Repressão a Entorpecente (DRE), da Polícia Federal, resultou na prisão de uma pessoa e na apreensão de 15 fardos de cocaína, pesando aproximadamente 500 quilos de cocaína, no município de Conquista D’Oeste (530 km de Cuiabá). Durante a ação policial, duas caminhonetes também foram apreendidas.

De acordo com o coordenador do Gefron, tenente-coronel PM Manoel Bugalho Neto, " através da parceria institucional, conseguimos levantar o local onde estava ocorrendo o transporte desse entorpecente, fizemos uma operação de segurança pública e conseguimos fazer a apreensão desta droga, a prisão de uma pessoa e apreensão de dois veículos".

Acesse nosso canal de notícias no WhatsApp pelo link: FTN BRASIL 

O suspeito foi detido no momento que estava fazendo um buraco para ser enterrado os fardos do entorpecente, em uma área de mata, no município de Conquista D'Oeste.

Ainda segundo o Tenente Coronel, o suspeito já tinha sido detido pelo Gefron, em outra ocasião, pelo crime de tráfico de droga. 

"O trabalho da Segurança Pública é retirar qualquer tipo de drogas de circulação, gerar um prejuízo para o crime, gerar um prejuízo para as organizações criminais", declarou o coordenador do Gefron.

Todo material foi encaminhado para a Polícia Federal de Cáceres, para darem continuidade as investigações. O prejuízo ao crime de tráfico de drogas foi de R$ 9 milhões.

A ação faz parte da operação Protetor das Fronteiras, deflagrada com objetivo de reprimir o tráfico ilícito de entorpecentes e descapitalizar organizações criminosas que atuam na divisa entre Mato Grosso e a Bolívia. 

Comente esta notícia

Esse est et proident pariatur exercitation