Cuiabá, 13 de Junho de 2024
DÓLAR: R$ 5,37
FTN Brasil | Jornal de Verdade

Geral Quinta-feira, 23 de Maio de 2024, 07:51 - A | A

23 de Maio de 2024, 07h:51 A- A+

Geral / AÇÃO VOLUNTÁRIA

Voluntários da OVG são mobilizados para atuar na separação de donativos para o Rio Grande do Sul

A mobilização do Goiás Social e da OVG exemplifica a importância do voluntariado e da colaboração entre diferentes regiões do país para enfrentar emergências e crises humanitárias

PAULA VALÉRIA
DA REDAÇÃO

Para garantir que as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul recebam donativos de boa qualidade, o Goiás Social e a Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) estão mobilizando voluntários para a separação e triagem das doações. Esses donativos chegam aos pontos de coleta organizados pelo Governo de Goiás, onde passam por um processo rigoroso de verificação para assegurar que todos os itens enviados sejam úteis e estejam em boas condições.

A iniciativa envolve a participação ativa de voluntários que dedicam seu tempo e esforço para categorizar e verificar as doações, garantindo que alimentos, roupas, produtos de higiene pessoal e outros itens essenciais estejam em condições adequadas para uso. Este trabalho é fundamental para que as doações atendam efetivamente às necessidades das vítimas das enchentes, proporcionando-lhes apoio e alívio em um momento de grande dificuldade. Para se voluntariar na missão humanitária basta acessar o site da OVG e se inscrever. O trabalho voluntário será até esta quinta-feira (23).

Além de garantir a qualidade dos donativos, essa ação solidária também reforça os laços de solidariedade entre os estados, mostrando um esforço conjunto para ajudar aqueles que enfrentam situações adversas. A mobilização do Goiás Social e da OVG exemplifica a importância do voluntariado e da colaboração entre diferentes regiões do país para enfrentar emergências e crises humanitárias.

“Tenho o maior orgulho em dizer que Goiás é o estado do voluntariado. É de encher os olhos ver o quanto o povo goiano tem o coração grande para ajudar aqueles que mais precisam. Graças a essa ajuda de muitas pessoas, estamos recebendo um número significativo de donativos, por isso agora precisamos desses voluntários e voluntárias que compõem a OVG e também daqueles que têm esse desejo de ajudar. Venham para que, de mãos dadas, possamos fazer o bem juntos”, destacou a presidente de honra da OVG e coordenadora do Goiás Social, primeira-dama Gracinha Caiado.

Acesse nosso canal de notícias no WhatsApp pelo link: FTN BRASIL

Disposta a ajudar, Tassara Felipe de Souza, de 25 anos, não pensou duas vezes quando foi convidada pelas equipes da OVG a contribuir com as ações em prol do Rio Grande do Sul.

“Estou aqui junto com a turma de voluntários para ajudar na separação dessas doações. Isso é muito gratificante para nós, porque essa é a forma que temos para contribuir efetivamente. Mesmo não tendo como chegar ao Rio Grande do Sul, pessoalmente, a gente pode fazer muito estando aqui com a OVG”, comentou a jovem num dos pontos de coleta, em Goiânia.

“Faço questão de deixar um convite especial aos goianos: venham ser voluntários na separação dessas doações. Graças à solidariedade de muitas pessoas, recebemos milhares de donativos. Agora precisamos dessa ajuda para enviarmos tudo o quanto antes para os gaúchos que tanto precisam”, convida Gracinha Caiado.

Voluntariado

O fortalecimento do voluntariado é um dos principais projetos da OVG e do Goiás Social. A instituição capacita pessoas interessadas em atuar na área e orienta entidades sociais que querem receber voluntários. Desde 2019, a Organização já capacitou cerca de 15 mil pessoas para o trabalho humanitário.

Na Plataforma do Voluntariado as pessoas têm acesso ao curso de formação, áreas de atuação e vagas disponíveis para quem deseja fazer o bem. A ferramenta também serve como ponte entre aqueles que querem contribuir com doações de recursos, produtos ou serviços para mudar a realidade de quem precisa de ajuda.

Comente esta notícia

NOTÍCIAS DO BRASIL E DO MUNDO