Cuiabá, 21 de Julho de 2024
DÓLAR: R$ 5,60
FTN Brasil | Jornal de Verdade

Geral Quinta-feira, 25 de Abril de 2024, 08:12 - A | A

25 de Abril de 2024, 08h:12 A- A+

Geral / SEGURANÇA PÚBLICA

Guarda Civil Armada do município de Lucas do Rio Verde é referência em Mato Grosso

A primeira Guarda Civil Armada no Estado, com autorização da Polícia Federal, tem servido de referência para diversos municípios que têm a intenção de implantar o modelo

PAULA VALÉRIA
DA REDAÇÃO

A implantação da primeira Guarda Civil Armada no estado de Mato Grosso, no município de Lucas do Rio Verde, com autorização da Polícia Federal, tem se mostrado uma alternativa viável para outros municípios que buscam reforçar a segurança pública, garantindo a ordem e a proteção dos cidadãos.  Municípios como Sinop, Sorriso e Colíder já estiveram visitando Lucas do Rio Verde para conhecerem de perto o funcionamento e os trâmites necessários para o processo de implantação da guarda armada. 

Na última sexta-feira (19), o prefeito de Lucas do Rio Verde, Miguel Vaz  e o secretário municipal de Segurança Pública, coronel Marcos Vieira da Cunha, receberam o prefeito de Colíder, Hemerson Máximo (Maninho), o presidente da Câmara Municipal de Colíder, vereador José Moreira e os vereadores Alencar Pereira, Euler Borges, Carlos Martins, Maria Helena e Adriano Santos, além do comandante da Guarda Civil de Colíder, Diego Roberto dos Santos.

“Para nós é um orgulho ter essa conquista toda, e isso se deve a um time que trabalhou para implantar a GCM Armada, devidamente autorizada pela PF. Depois de todo o processo, hoje a guarda está aí, servindo a sociedade com muito mais robustez, com muito mais treinamento e capacitação e, obviamente, armada, que dá muito mais impacto positivo frente as demandas que tem na cidade. Para nós é um orgulho ver a nossa guarda servindo de referência no estado”, disse o prefeito de Lucas do Rio Verde, Miguel Vaz.

“Primeiramente, quero agradecer a receptividade aqui no município pelo prefeito Miguel, pelo vice-prefeito Márcio, também pelo secretário de segurança, coronel Cunha e os demais aqui da Guarda Civil Municipal. Nós temos lá a guarda, que foi criada em 2005, transformamos ela em 2022, 2023, em Guarda Municipal. Agora, viemos buscar aqui o aprimoramento, e Lucas é essa referência na Guarda Municipal Armada, para poder dar mais segurança para a população. Queremos levar esse bom exemplo para Colíder que, em breve, também estará tendo esse grande trabalho na segurança pública, ressaltou o prefeito de Colíder, Maninho.

Acesse nosso canal de notícias no WhatsApp pelo linkFTN BRASIL

O presidente do parlamento de Colíder também participou e enalteceu a Guarda Civil Municipal de Lucas do Rio Verde.

“Nós tivemos a informação de que Lucas do Rio Verde é o modelo hoje a ser seguido na Guarda Civil Municipal. Outros municípios também estão buscando em Lucas esse modelo, uma referência hoje a nível de estado. E nós sabemos que, para armar a guarda e realmente ela começar a trabalhar, precisa de além dos investimentos, a capacitação. Então a gente quer buscar em Lucas do Rio Verde esse apoio técnico para a implantação da Guarda Municipal Armada em Colíder”, disse o presidente da Câmara Municipal de Colíder, vereador José Moreira.

A GCM de Lucas do Rio Verde também já recebeu a visita da guarda de Sinop. Lá, a implantação está avançando.

“Aqui em Sinop agora foi aprovada corregedoria e a ouvidoria da Guarda Municipal. Foi trocada a Secretaria que era de Trânsito e Transporte Urbano para Secretaria de Segurança e Trânsito. Então, nós já estamos com todos os armamentos. Estamos aguardando para o mês de junho, julho, uma empresa para dar o curso de formação teórico, que é obrigatório. Depois disso, a gente parte para o treinamento de tiro, que aí nós temos a cidade de Lucas como referência em cima disso. Já temos uma previsão para a construção de uma sede própria. Estamos aguardando o processo licitatório para que uma empresa assuma e construa a nossa base operacional. Também estamos esperando a abertura de um concurso público”, disse o comandante da GCM de Sinop, Benhur Carvalho.

GCM Armada de Lucas do Rio Verde

Em Lucas do Rio Verde o processo de reestruturação da Guarda Civil Municipal, criada em 1999, contou com a aprovação de um projeto de lei, regulamentado pela Lei n° 222/2022, elaborado pela atual Administração Municipal, por meio das secretarias de Segurança Pública e de Governo e Administração.

Comandada atualmente por Jota Lima, o efetivo da GCM no município é formado por 37 guardas civis municipais. Com a finalização do concurso público em andamento, 30 candidatos serão chamados de imediato, no prazo de 90 dias após a finalização do curso de formação. Os outros candidatos ficarão no cadastro reserva. Ao todo 55 candidatos estão em fase de formação.

Após um longo processo de capacitação e treinamento em 2022, a Guarda Civil Municipal (GCM), recebeu em 2023 o armamento necessário para atuar integrada as forças de segurança de Lucas do Rio Verde. A entrega das armas aconteceu após a assinatura do Acordo de Cooperação Técnica (ACT) com a Polícia Federal, permitindo que a GCM de Lucas do Rio Verde atue de maneira armada, sendo a primeira do estado com autorização da PF. A corporação recebeu ao todo, 60 pistolas PT92, 10 carabinas CT9 calibre 9 mm e quatro espingardas calibre 12 mm.

Como mais um capítulo histórico da Guarda Civil Municipal, a Prefeitura de Lucas do Rio Verde, por meio da Secretaria de Segurança Pública, entregou em 2023 a nova sede da instituição. O prédio, que abrigava o 13º batalhão da Polícia Militar, teve investimento de R$ 461.970,42 na reforma e ampliação do espaço. A readequação do espaço de 528 m² conta com salas de recepção, administrativo, operacional, corregedoria, centro de videomonitoramento, sala de gerenciamento de crise, alojamento, cozinha e refeitório. Além disso, conta com a sala Maria da Penha, que atende as ocorrências das vítimas de violência doméstica no município, que são acompanhadas pela GCM, através do Botão do Pânico.

Comente esta notícia

Esse est et proident pariatur exercitation