Cuiabá, 22 de Junho de 2024
DÓLAR: R$ 5,43
FTN Brasil | Jornal de Verdade

Cidades Terça-feira, 14 de Maio de 2024, 15:23 - A | A

14 de Maio de 2024, 15h:23 A- A+

Cidades /

Defesa Civil de Cuiabá deve levar doações de RS até a transportadora Bertolini no Distrito Industrial

As carretas têm capacidade de até 23 mil quilos de carga, variando de acordo com a cubagem da mercadoria

ELISA RIBEIRO
DA REDAÇÃO

A Prefeitura de Cuiabá, através da Defesa Civil do Município, está com a equipe mobilizada para buscar as doações destinadas às famílias do Rio Grande do Sul nos pontos de coleta espalhados pela capital e levá-las até a transportadora Bertolini, no Distrito Industrial.

O transporte é rápido e seguro, levando em média dois dias e meio até a cidade de Bento Gonçalves (RS), de onde será feita a distribuição. As carretas têm capacidade de até 23 mil quilos de carga, variando de acordo com a cubagem da mercadoria.

"Duas picapes da Defesa Civil e caminhões da Empresa Cuiabana de Zeladoria e Serviços Urbanos (Limpurb), parceira nessa operação solidária, buscam as doações nos diversos postos de arrecadação da cidade e levam até o Distrito Industrial de Cuiabá, para que a empresa conduza a logística de carregamento das carretas com destino aos nossos irmãos do Rio Grande do Sul", explicou o coordenador da Defesa Civil, Janilso Martins.

Acesse nosso canal de notícias no WhatsApp pelo link: FTN BRASIL 

O gerente da Transportadora Bertolini, Anderson Firmino, informou que a empresa em todo o país desenvolve essa ação em cada unidade da federação onde está situada. Mais de 40 carretas já se deslocaram para o Sul nesse trabalho com o intuito de ajudar amigos, colegas e tantos desconhecidos rio-grandenses que precisam dessa força.

"Estávamos fazendo duas cargas por semana, mas tivemos que diminuir porque o fluxo de distribuição lá ficou complicado, mais lento devido à situação das áreas isoladas. Então, a superlotação no Sul está afetando o envio das carretas, não há locais para entrega, a entrega está demorando, muitas pistas bloqueadas e, por isso, acabamos reduzindo para uma carga por semana", explicou Anderson.

Para não sobrecarregar os pontos de arrecadação em Cuiabá e abrir espaço para mais doações, a Defesa Civil está coletando e levando até a transportadora. Qualquer um dos pontos de coleta de doações de Cuiabá e Várzea Grande, como o do Aeroporto, onde as empresas aéreas também são parceiras, pode entrar em contato com a Defesa Civil para buscar as doações.

Na semana passada, por orientação da primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro, 1,5 mil cobertores da campanha ‘Aquece Cuiabá’ foram destinados às famílias. Também nesta segunda-feira (13), a Secretaria Municipal da Mulher – ponto oficial de coleta de donativos – passou a atender à população solidária às vítimas da tragédia. Outro ponto de arrecadação já em funcionamento pelo Município trata-se da Secretaria Municipal de Ordem Pública, instalada no Parque Tia Nair.

"Fizemos parcerias com as empresas aéreas Azul e Gol, e quando os depósitos já estiverem com a capacidade esgotada, poderão trazer para cá. Estamos em tratativas com outras duas empresas do ramo de grãos para ajudar nesses carregamentos", destacou o coordenador da Defesa Civil.

Os interessados podem acionar a Defesa Civil, vinculada à Secretaria Municipal de Ordem Pública, através do telefone 3623-9633.

Comente esta notícia

NOTÍCIAS DO BRASIL E DO MUNDO