Cuiabá, 18 de Junho de 2024
DÓLAR: R$ 5,43
FTN Brasil | Jornal de Verdade

Política e Eleições Segunda-feira, 27 de Maio de 2024, 08:20 - A | A

27 de Maio de 2024, 08h:20 A- A+

Política e Eleições / EM DEFESA DA EDUCAÇÃO

Proposta salarial do Governo Federal para técnicos de Educação em greve aumenta para 9%

Nova proposta subiu de 4,5% para 9% de aumento em 2025 e de 4,5% para 5% em 2026. Somados aos 9% concedidos ano passado, aumentos variam de 24,8% a 37,6% em quatro anos

ELISA RIBEIRO
DA REDAÇÃO

Conforme já amplamente divulgado pelo Ministério da Gestão, a proposta do governo federal para os Técnicos-Administrativos de Educação (TAEs) representa um ganho médio de renda de 28% ao longo dos 4 anos de mandato do presidente Lula.

O ganho corresponde a uma porcentagem maior que a inflação projetada no período.

Acesse nosso canal de notícias no WhatsApp pelo link: FTN BRASIL 

A proposta apresentada esta semana representa um aumento significativo em termos à proposta apresentada no início do ano. Inicialmente, o governo propôs aumento médio de 4,5% em 2025 e 4,5% em 2026. A nova proposta subiu para 9% em 2025 e 5% em 2026, além de incluir uma reestruturação da carreira que eleva o percentual de aumento para as categorias do TAES com menores salários. Com isso o ganho varia de 14,5% a 26,2% entre 2025 e 2026, que somado aos 9% concedidos  ano passado levam a ganhos que variam de 24,8% a 37,6% em 4 anos, superando a inflação esperada para o mesmo período de 15%.

O valor total de impacto na folha dobrou em relação à proposta inicial.

Como acordado na última mesa dos servidores com o Ministério da Educação, coordenada pelo Ministério da Gestão, o governo federal aguarda resposta dos servidores à proposta.

Comente esta notícia

NOTÍCIAS DO BRASIL E DO MUNDO