Cuiabá, 17 de Julho de 2024
DÓLAR: R$ 5,48
FTN Brasil | Jornal de Verdade

Política e Eleições Quarta-feira, 17 de Abril de 2024, 14:10 - A | A

17 de Abril de 2024, 14h:10 A- A+

Política e Eleições / VALORIZAÇÃO SALARIAL

PL de Jayme Campos propõe que Policiais e Bombeiros possam ter isenção no Imposto de Renda de Pessoa Física

O senador explica que que sua proposição busca contribuir para mudar essa sensação, ao atribuir prioridade aos profissionais de Segurança Pública no recebimento da restituição do IRPF

ELISA RIBEIRO
DA REDAÇÃO

Os profissionais de Segurança Pública poderão ter prioridade no recebimento da restituição do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física (IRPF). Esse é o teor de um projeto (PL 458/2024)  apresentado pelo senador Jayme Campos (União-MT) e que aguarda a designação de relator na Comissão de Segurança Pública (CSP).

O autor cita, na justificativa do projeto, a Pesquisa Nacional sobre a Valorização do Profissional de Segurança Pública, um estudo realizado em 2022 pela Secretaria Nacional de Segurança Pública e pela Universidade de Brasília (UnB) com mais de 145 mil policiais militares, civis, técnicos científicos, penais estaduais e federais, bombeiros militares, além de policiais rodoviários federais dos 26 estados e do Distrito Federal. Com base em várias informações levantadas, a avaliação é que esses profissionais têm baixos índices de realização no trabalho e de satisfação com a vida.

Acesse nosso canal de notícias no WhatsApp pelo link: FTN BRASIL

No Índice Brasil de Reconhecimento no Trabalho, construído pela pesquisa, os resultados encontrados sinalizam que parcela significativa dos profissionais têm percepção de que a sociedade pouco reconhece seus esforços e a qualidade do seu trabalho. 

O senador Jayme Campos ( União Brasil) explica que sua proposição busca contribuir para mudar essa sensação, ao atribuir prioridade aos profissionais de Segurança Pública no recebimento da restituição do IRPF. O autor argumenta que, juntamente com os professores, que já dispõem dessa prioridade, os profissionais de Segurança Pública são pilares da sociedade civilizada. Sem eles, acrescenta o senador, “prevalece a barbárie e a injustiça”.

"A verdade é que, juntamente com os professores, que já dispõem dessa prioridade, os profissionais de segurança pública são pilares da sociedade
civilizada. Sem eles, prevalece a barbárie e a injustiça. Portanto, convocamos os nobres Parlamentares à aprovação desta
importante medida de valorização dos profissionais de Segurança Pública". 

 

Comente esta notícia

Esse est et proident pariatur exercitation