Cuiabá, 18 de Julho de 2024
DÓLAR: R$ 5,56
FTN Brasil | Jornal de Verdade

Política e Eleições Segunda-feira, 06 de Maio de 2024, 07:55 - A | A

06 de Maio de 2024, 07h:55 A- A+

Política e Eleições / SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA

Ministros de Lula se reúnem e reforçam apoio irrestrito ao Rio Grande do Sul após grande desastre

Ministros Paulo Pimenta (Secom) e Waldez Góes (Integração) chegaram neste sábado a Porto Alegre e presidente Lula desembarca no estado neste domingo (5)

ELISA RIBEIRO
DA REDAÇÃO

“O limite daquilo que nós vamos disponibilizar é o limite da necessidade”. Com essas palavras e falando em nome do Governo Federal, o ministro da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Paulo Pimenta, deixou claro que o Rio Grande do Sul receberá apoio irrestrito por parte da União para salvar vidas e, posteriormente, reconstruir estradas, edifícios, escolas e toda a infraestrutura comprometida no estado por conta das fortes chuvas e inundações.

Pimenta e o ministro Waldez Góes (Integração e Desenvolvimento Regional) desembarcaram neste último sábado (04) em Porto Alegre e, neste domingo (5), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva retorna ao estado para comandar de perto as ações emergenciais. Lula estará acompanhado dos presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco, e da Câmara, Arthur Lira, entre outras autoridades.

Acesse nosso canal de notícias no WhatsApp pelo link: FTN BRASIL 

“Estou em contato permanente com os ministros e o comando militar que estão no Rio Grande do Sul. Amanhã retorno ao estado para acompanhar e reforçar o trabalho coordenado com o governo do estado e as prefeituras nesse momento tão difícil”, avisou o presidente Lula, por meio de sua conta no X (antigo Twitter).

Na quinta-feira (2), após o retorno do presidente Lula de sua primeira visita ao estado neste momento de crise, o Governo Federal instalou uma Sala da Situação no Palácio do Planalto para concentrar as equipes de 17 ministérios e das Forças Armadas, além de outros órgãos, que atuam no apoio ao Rio Grande do Sul. Neste sábado, Paulo Pimenta e Waldez Góes acompanharam a montagem de um centro de comando do Governo Federal em Porto Alegre, de modo que as equipes em Brasílias e no Rio Grande do Sul possam atuar em sinergia para tornar as ações mais ágeis e eficientes.

“Eu e o ministro Paulo Pimenta vamos permanecer no Rio Grande do Sul, dando todo o apoio, criando mais sinergia ainda entre as forças federais, estaduais e municipais, em benefício de toda a sociedade sofrida no Rio Grande”, afirmou o ministro Waldez Góes.

Comente esta notícia

Esse est et proident pariatur exercitation