Cuiabá, 18 de Julho de 2024
DÓLAR: R$ 5,56
FTN Brasil | Jornal de Verdade

Política e Eleições Terça-feira, 12 de Março de 2024, 08:00 - A | A

12 de Março de 2024, 08h:00 A- A+

Política e Eleições / ROTA BIOCEÂNICA

Governo de MS investe na infraestrutura de Porto Murtinho para ser acesso ao Oceano Pacífico

Na tarde desta segunda-feira (11), o governador Eduardo Riedel recebeu o prefeito de Porto Murtinho, Nelson Cintra, em uma reunião, onde foram apresentadas as prioridades do município e planejamento de novas intervenções necessárias

PAULA VALÉRIA
DA REDAÇÃO

Com investimentos do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul em infraestrutura e logística, o município de Porto Murtinho, o está sendo preparado para receber uma das mais importantes ligações do Brasil ao mercado asiático, por meio do Oceano Pacífico, a Rota Bioceânica. Na tarde desta segunda-feira (11), o governador de Mato Grosso do Sul, Eduardo Riedel recebeu o prefeito de Porto Murtinho, Nelson Cintra, em uma reunião na governadoria, em Campo Grande, onde foram apresentadas as prioridades do município e planejamento de novas intervenções necessárias.

“A gente tem acompanhando desde o início o que tem acontecido com Porto Murtinho, que é um município que faz parte da transformação logística do Estado. Com certeza vai crescer mais ainda, com serviços, empresas, e também virão desafios. Por isso precisamos estar atentos e tomar decisões planejadas”, explicou Riedel.

Infraestrutura

O Governo do Estado vai investir aproximadamente R$ 15 milhões no asfaltamento e recapeamento dos bairros Dom Pepe e Salim Cafure, sendo que a maior parte do recurso, em torno de R$ 12 milhões, será destinada para execução das obras ainda em 2024. Também serão destinados R$ 1,5 milhão para equipar o Hospital Municipal Oscar Ramires Pereira, que atualmente passa por reforma e ampliação, para expandir a capacidade de atendimento no município.

Foi confirmado também o investimento de R$ 1,3 milhão para o balizamento do aeroporto, R$ 700 mil para iluminação de acesso a BR-267 e recursos para a realização de duas festas tradicionais, o Rodeio e o Festival do Chamamé.

Acesse nosso canal de notícias no WhatsApp pelo link: FTN BRASIL

“A reunião foi muito produtiva. Fizemos um projeto e trouxemos para o governador que vai nos atender. Os bairros carentes e que precisavam ser asfaltados, fizemos o projeto. O desenvolvimento de Porto Murtinho é para o norte onde tem terras férteis e vai passar o corredor e o acesso a ponte. Estamos estruturando toda a parte com posto de saúde, escola”, disse Cintra.

Atualmente o Governo do Estado mantém obras com investimentos de R$ 72,6 milhões em Porto Murtinho, especialmente nas áreas da saúde, educação e infraestrutura.

Obras e investimentos

A Rota de Integração Latino-Americana (RILA), ou Rota Bioceânica, que começa em Mato Grosso do Sul, por Porto Murtinho, em direção ao Paraguai, por Carmelo Peralta, será um caminho mais curto ao Oceano Pacífico para acesso aos mercados asiáticos. Com a nova rota a previsão é de ganhos expressivos na exportação, importação, competitividades dos produtos regionais, e promoção de intercâmbio entre o Brasil e a Ásia.

O Governo do Mato Grosso do Sul mantém investimentos robustos nas cidades que farão parte da Rota Bioceânica, entre elas Porto Murtinho que recebeu R$ 40,6 milhões em obras nos últimos anos. Também foram garantidos incentivos para reativar a hidrovia do Rio Paraguai, atraindo operadores e empreendimentos portuários à região.

Outro foco foi a articulação junto ao Governo Federal para realização das obras complementares que vão contribuir com a Rota Bioceânica. Entre elas o acesso à Ponte Bioceânica, por meio da rodovia BR-267, onde serão pavimentados 13 km, além da construção de um centro aduaneiro, trabalho de terraplanagem e acesso elevado à ponte.

No fim de dezembro de 2023 foi assinada a ordem de serviço para realização desta obra, com investimentos de R$ 472,4 milhões por parte da União. A expectativa é que a alça seja concluída em 36 meses.

No Paraguai, além da pavimentação de estradas que vão dar prosseguimento à rota, o principal projeto é a construção da ponte binacional sobre o Rio Paraguai, na fronteira entre Porto Murtinho e Carmelo Peralta. No local, até agora, 40% dos trabalhos já foram concluídos, com previsão de estar pronta em 2025. A estrutura terá 1.294 metros de comprimento e 29 metros de altura.

O secretário de Estado de Infraestrutura e Logística de Mato Grosso do Sul (Seilog), Hélio Peluffo e secretário da Casa Civil, Eduardo Rocha, também participaram da reunião, além da equipe técnica e vereadores do município, os deputados federais Geraldo Resende e Luiz Ovando, e os deputados estaduais, Paulo Corrêa, Márcio Fernandes e Lídio Lopes.

Comente esta notícia

Esse est et proident pariatur exercitation