Cuiabá, 21 de Julho de 2024
DÓLAR: R$ 5,60
FTN Brasil | Jornal de Verdade

Política e Eleições Quinta-feira, 11 de Abril de 2024, 14:00 - A | A

11 de Abril de 2024, 14h:00 A- A+

Política e Eleições / AÇÕES DO GOVERNO CAIADO

Governo de Goiás assina contratos para 1.782 novas casas a custo zero em 42 municípios goianos

O Governo de Goiás, por meio da Agência Goiana de Habitação e da Secretaria de Estado da Infraestrutura apresentou nesta quarta-feira (10), três novidades para a política habitacional do Estado

PAULA VALÉRIA
DA REDAÇÃO

Nesta quarta-feira (10), o Governo de Goiás, por intermédio da Agência Goiana de Habitação (Agehab) e da Secretaria de Estado da Infraestrutura, apresentou, em solenidade no Palácio Pedro Ludovico Teixeira três novidades para a política habitacional do Estado. Uma delas é a implantação da sala de situação que passa a monitorar em tempo real o andamento das obras em todos os municípios, uma iniciativa que pode melhorar a eficiência e a transparência na gestão dos projetos habitacionais. Outra novidade é a atendente virtual Marilar, que auxiliará beneficiários e candidatos a benefícios executados pela Agência, pelo aplicativo WhatsApp.

Casas a custo zero

Já para a construção de casas a custo zero, a cerimônia formalizou a contratação de 1.782 novas unidades em 42 municípios goianos.

Participaram da cerimônia o vice-governador Daniel Vilela, o secretário estadual da Infraestrutura, Pedro Sales, e o presidente da Agehab, Alexandre Baldy, entre outras autoridades.

De acordo com Baldy, as novidades se alinham com a determinação do governador Ronaldo Caiado de ampliar e facilitar o acesso às políticas de habitação de interesse social de Goiás.

“Tanto o governador como a primeira-dama, Gracinha Caiado, fizeram do atendimento social no Estado uma prioridade na meta de trazer melhoria para a vida dos goianos, especialmente para a parcela da população que mais precisa”, afirma Baldy.

Para o secretário Pedro Sales, isso se reflete na implantação de novos processos, como os lançados agora. “Todos os esforços da equipe da Agehab estão focados nesses objetivos”, completa.

As duas ferramentas tecnológicas implementadas vão por esse caminho. A sala de situação para acompanhamento das obras, instalada na Diretoria Técnica da Agehab, agora acompanha em tempo real os novos canteiros de obras.

Já no processo de contratação ficará determinada instalação de câmeras nos espaços de trabalho das construtoras, otimizando o trabalho de fiscalização.

Mais agilidade no atendimento

No caso da atendente virtual Marilar, a Agência desenvolveu uma ferramenta de inteligência artificial que vai agilizar atendimento dos beneficiários. Além dos canais telefônicos, redes sociais e presencial, eles também poderão tirar suas dúvidas via WhatsApp.

“Notamos que cerca de 90% das dúvidas ou solicitações de informações dos nossos beneficiários são sempre as mesmas e então implementamos mais esta ferramenta de comunicação que vai funcionar 24 horas por dia, todos os dias da semana. A própria tecnologia interage com o beneficiário e oferece as respostas mais usuais”, reitera o presidente da Agehab.

Isso não interromperá, porém, a atuação de atendentes humanos em situações com demandas mais específicas.

Mais casas

Já as 1.782 novas moradias a custo zero, cujos contratos foram assinados durante a solenidade, representarão mais de R$ 315,5 milhões de investimentos provenientes do Fundo de Proteção Social do Estado de Goiás (Protege) injetados na economia goiana.

Para o Crédito Parceria, que entra em contrapartida à construção dessas unidades a custo zero, o valor é de R$ 153,1 milhões, provenientes da outorga de crédito, que resultarão em subsídios para 3.393 unidades habitacionais.

O vice-governador Daniel Vilela ressalta que o programa Pra Ter Onde Morar tornou-se referência no Brasil  como o único que tem apresentado índices tão completos e em larga escala.

“Somente Goiás faz hoje um programa com casas a custo zero, além de subsidiar os programas federais com o maior valor entre todos os estados do Brasil”, completa Daniel.

Mais municípios atendidos

Com os acréscimos, o programa Pra Ter Onde Morar – Construção/Casas a Custo Zero terá um crescimento de 10,77%, expandindo de 130 para 144 municípios goianos.

Além disso, houve um aumento de aproximadamente 22% na quantidade de unidades habitacionais contratadas.

Segundo o vice-governador, os resultados demonstram o contínuo comprometimento do Governo de Goiás em proporcionar moradias dignas e acessíveis à população.

Comente esta notícia

Esse est et proident pariatur exercitation