Cuiabá, 22 de Junho de 2024
DÓLAR: R$ 5,43
FTN Brasil | Jornal de Verdade

Política e Eleições Quarta-feira, 15 de Maio de 2024, 16:26 - A | A

15 de Maio de 2024, 16h:26 A- A+

Política e Eleições / SUMMIT BRAZIL-EUA

Governador Riedel apresenta política agroambiental e programa Carbono Neutro durante evento em Nova Iorque

O governador Eduardo Riedel apresentou nesta quarta-feira (15) para empresários, investidores e autoridades norte-americanos, os diferenciais de Mato Grosso do Sul, com o propósito de atrair investimentos, negócios e capital estrangeiro

PAULA VALÉRIA
DA REDAÇÃO

O governador de Mato Grosso do Sul, Eduardo Riedel, apresentou na manhã desta quarta-feira (15), dentro de painel do Summit Brazil-USA, em Nova Iorque, para empresários, investidores e autoridades norte-americanos, os diferenciais de Mato Grosso do Sul, com o propósito de atrair investimentos, negócios e capital estrangeiro.

O evento promovido pelo jornal Valor Econômico visa discutir os desafios e as principais oportunidades de negócios entre os dois países, justamente quando se comemora o bicentenário das relações bilaterais Brasil X Estados Unidos. E governadores de vários estados do Centro-Oeste tiveram a oportunidade de apresentar suas potencilidades econômicas.

Riedel iniciou seu discurso destacando que o MS é uma potência agroambiental aliada com o incentivo do Carbono Neutro. "É um tema que, até recentemente, era desconhecido. A diferença da agricultura tropical brasileira é enorme para a de clima temperado e isso nos faz uma potência agroambiental, levando em consideração o balanço de carbono e que, muitas vezes, é pouco precificado mundo afora", afirmou.

 Acesse nosso canal de notícias no WhatsApp pelo link: FTN BRASIL

O governador sul-mato-grossense ainda enfatizou que o Estado prioriza a convergência de ações em prol do desenvolvimento sustentável sem abrir mão do equilíbrio fiscal, aplicando cerca de 17% da receita líquida do Estado em investimentos públicos e "bons projetos para atrair o capital privado".

"Nós vamos agora no segundo semestre colocar em leilão 900 quilômetros de rodovias. Temos também um olhar para o mercado asiático com a implantação da Rota Bioceânica e ligação com os portos chilenos. Temos feito o dever de casa, com a formação de um ambiente negócio saudável e infraestrutura robusta", concluiu Riedel, que convidou os empresários visitarem o Estado.

Mais cedo, a embaixadora dos Estados Unidos no Brasil, Elizabeth Frawley Bagley, discursou e afirmou que seu país está pronto para investir e cooperar com o Brasil em parcerias relacionadas à transição energética e energia verde.

Comente esta notícia

NOTÍCIAS DO BRASIL E DO MUNDO