Cuiabá, 21 de Julho de 2024
DÓLAR: R$ 5,60
FTN Brasil | Jornal de Verdade

Política e Eleições Quarta-feira, 10 de Abril de 2024, 15:22 - A | A

10 de Abril de 2024, 15h:22 A- A+

Política e Eleições / "CALCANHAR DE AQUILES"

Em Brasília, Ronaldo Caiado cobra avanços na geração e transmissão de energia elétrica

Governador de Goiás em audiência com o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira: "falta de energia atrapalha crescimento de Goiás"

PAULA VALÉRIA
DA REDAÇÃO

Na manhã desta quarta-feira (10), o governador de Goiás Ronaldo Caiado foi a Brasília para solicitar ao ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, prioridade na realização de leilões para redes de transmissão de energia elétrica, especialmente nas regiões Norte e Vale do Araguaia, em Goiás. “Temos um potencial enorme não só de irrigação, mas também de produtividade na agricultura e na pecuária e estamos engessados por falta de energia”, argumentou.

Caiado aproveitou a oportunidade para enfatizar que o fornecimento de energia elétrica é um “calcanhar de Aquiles” para o desenvolvimento do estado. Ele pediu ao ministro a retomada da construção de Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs).

Acesse nosso canal de notícias no WhatsApp pelo link: FTN BRASIL

“Não tenho nada contra a energia eólica e fotovoltaica, mas acho que estamos deixando de lado um potencial que temos”, alertou.

Outra bandeira levantada pelo chefe do Executivo estadual foi a importância do apoio à produção de etanol. “É fruto de uma pesquisa nacional e precisamos desenvolver muito mais”, destacou ele. Goiás é atualmente o segundo maior produtor de etanol do país, atrás apenas de São Paulo. Entre os maiores produtores de cana-de-açúcar, o estado ocupa a terceira posição.

A audiência com Alexandre Silveira durou cerca de uma hora. Segundo Caiado, o ministro prometeu empenho para antecipar os leilões de redes de transmissão no Norte Goiano e Vale do Araguaia para o primeiro semestre de 2025. Também sinalizou positivamente para a realização de novos leilões de PCHs.

“Com isso, teremos a oportunidade de trazer essa fonte de energia limpa e perene”, arrematou o governador, em referência à energia hidrelétrica.

Comente esta notícia

Esse est et proident pariatur exercitation