Cuiabá, 18 de Julho de 2024
DÓLAR: R$ 5,54
FTN Brasil | Jornal de Verdade

Política e Eleições Quinta-feira, 18 de Janeiro de 2024, 16:49 - A | A

18 de Janeiro de 2024, 16h:49 A- A+

Política e Eleições / NRF BIG SHOW

Comitiva do Sistema Comércio de Mato Grosso afirma que varejo mundial deve focar na experiência do consumidor e aplicação da IA

O setor do comércio vive sob constante pressão econômica e de transformações sociais, por isso deve estar alinhado ao seu público-alvo

ELISA RIBEIRO
DA REDAÇÃO

Personalização da experiência, inteligência artificial, integração de diferentes canais de comunicação e divulgação são alguns dos assuntos abordados durante o NRF Retail’s Big Show, maior feira de varejo do mundo que ocorreu de 14 a 16 de janeiro, em Nova Iorque. Uma comitiva do Sistema Comércio de Mato Grosso (Fecomércio, Sesc e Senac), liderado pelo presidente José Wenceslau de Souza Júnior, participou do evento absorvendo todo o conhecimento transmitido por expositores e palestrantes.

“Fomos provocados a pensar sobre a mudança total do varejo no mundo e o que estamos fazendo para acompanhar este novo movimento. Viemos descobrir o que está na vanguarda e os debates que estão ocorrendo para repassar aos empresários do setor do comércio de bens, serviços e turismo de Mato Grosso. Já podemos apontar que estão em destaque a tecnologia e a inovação, a personalização para engajamento do consumidor e a resiliência das empresas”, contou Wenceslau Junior.

Acesse nosso canal de notícias no WhatsApp pelo link: FTN BRASIL 

O setor do comércio vive sob constante pressão econômica e de transformações sociais, por isso deve estar alinhado ao seu público-alvo. As inovações apresentadas da NRF 2024 focaram bastante em personalização das experiências de consumo, integração dos canais de comunicação e divulgação e presença no digital.

“Uma das analogias mais importantes que ouvi durante o evento é que o comércio é como um diamante. Ele precisa de pressão para se transformar em uma pedra preciosa e, quanto mais pressão, mais bonita é a joia. Assim é o varejo, um setor que está sob constate pressão e, por meio dela, se transforma e se renova”, analisou Igor Cunha, superintendente da Fecomércio-MT.

É fato que o mundo do varejo já migrou para o digital. A NRF 2024 abordou enfaticamente temas como a inteligência artificial e a gestão de dados, mantendo, contudo, a atenção ao cliente.

“Observa-se uma crescente e evidente fusão entre os domínios digital e social, onde a incorporação de elementos humanos na tecnologia emerge como um requisito incontornável para o setor varejista. Acredito que todos voltamos inspirados e cheios de ideias e eu, particularmente, almejo aplicá-las de maneira a otimizar significativamente os serviços oferecidos aos trabalhadores do comércio e suas respectivas famílias”, pontuou Allan Serotini, diretor regional do Sesc-MT.

Mesmo com toda a tecnologia, o varejo é feito por pessoas. E para usufruir das novidades constantemente apresentadas para o setor, é necessário treinamento para os colaboradores.

“Pessoas qualificadas são indispensáveis para a evolução do comércio varejista. As tendências para o varejo e sua aplicação operacional no Brasil exigirão investimento e inovação em educação profissional. O papel do Senac é justamente esse: contribuir com programas de qualificação que atendam a essas demandas”, afirmou Edson Dahmer, diretor regional do Senac-MT.

Após a imersão na NRF Retail’s Big Show, a comitiva mato-grossense está realizando visitas técnicas em empresas norte-americanas do varejo para conhecer cases de sucesso em diversos segmentos.

A comitiva liderada por Wenceslau Júnior conta, ainda, com a participação do vice-presidente da federação, Marco Pessoz (Secovi-MT), e do superintendente, Igor Cunha; dos diretores regionais do Sesc, Allan Serotini, e do Senac, Edson Dahmer; além dos conselheiros Kassio Catena (Sincovaga-MT), Sérgio Ricardo (Sincotec-MT), Sebastião dos Reis Gonçalves (Sincad-MT), Júnior Vidotti (Sincalco-MT), Lucimar Bigolin (Sindcomac-MT), Greici Mara (Sincovatan) e Alcimar Moretti (Sindieventos-MT); e dos diretores Geraldo Prado e Alessandro Morbeck.

Comente esta notícia

Esse est et proident pariatur exercitation