Cuiabá, 20 de Julho de 2024
DÓLAR: R$ 5,60
FTN Brasil | Jornal de Verdade

Polícia Quarta-feira, 27 de Março de 2024, 07:55 - A | A

27 de Março de 2024, 07h:55 A- A+

Polícia / AÇÃO DA PF

Dermatologista é preso pela Polícia Federal pelo crime de exercício irregular de medicina em Mato Grosso

Indivíduo, formado no Paraguai, não poderia atuar em território nacional em razão de inexistência de registro profissional junto ao CRM

ELISA RIBEIRO
DA REDAÇÃO

. A Polícia Federal, durante apoio em fiscalização realizada pelo Conselho Regional de Medicina (CRM), prendeu em flagrante um homem que se passava por médico dermatologista em Cuiabá no Mato Grosso, no final da tarde desta terça-feira (26).

Segundo apuração preliminar, o indivíduo, formado no Paraguai, não poderia atuar em território nacional em razão de inexistência de registro profissional junto ao Conselho Regional de Medicina.

Acesse nosso canal de notícias no WhatsApp pelo link: FTN BRASIL

Além disso, foi constatado em suas redes sociais a divulgação de diversos procedimentos estéticos dermatológicos como harmonização, aplicação de botox, entre outros.

Concluída a fiscalização pela equipe do CRM/MT, o homem foi conduzido à Superintendência Regional da Polícia Federal em Mato Grosso para lavratura de Termo Circunstanciado de Ocorrência pela prática do crime de exercício irregular de medicina.

Comente esta notícia

Esse est et proident pariatur exercitation