Cuiabá, 18 de Julho de 2024
DÓLAR: R$ 5,56
FTN Brasil | Jornal de Verdade

Internacional Segunda-feira, 06 de Maio de 2024, 13:00 - A | A

06 de Maio de 2024, 13h:00 A- A+

Internacional /

Ucrânia diz que mais de 400 mil pessoas estão sem energia após ataque russo

Moscou tem direcionado ofensivas a estações de energia elétrica ucranianas, gerando danos de até US$ 1 bilhão ao setor

DA REUTERS

Um ataque russo com drones interrompeu a energia para mais de 400.000 consumidores em partes da região de Sumy, no nordeste da Ucrânia, disseram autoridades nesta segunda-feira (6), depois que Kiev afirmou que suas forças de defesa aérea derrubaram 12 drones de ataque na região durante a noite.

O trabalho para restaurar a eletricidade continuava pela manhã, já que 91 assentamentos dos 1.325 afetados permaneciam sem energia na região, disse o operador da rede nacional Ukrenergo no aplicativo de mensagens Telegram.

“O fornecimento de eletricidade foi restaurado nos assentamentos afetados e em partes da cidade de Sumy”, afirmou a administração militar da região no Telegram.

Acesse nosso canal de notícias no WhatsApp pelo link: FTN BRASIL 

A Força Aérea da Ucrânia disse que a Rússia lançou 13 drones de ataque contra a Ucrânia. Os sistemas de defesa aérea derrubaram 12 das armas aéreas sobre a região de Sumy.

Os recentes ataques de drones e mísseis da Rússia têm sido cada vez mais direcionados ao sistema de energia da Ucrânia, levando a apagões em muitas regiões e danos significativos às suas estações térmicas e hidrelétricas.

Esses ataques causaram mais de 1 bilhão de dólares em danos ao setor, disse o ministro da Energia da Ucrânia, German Galushchenko, no domingo (5).

À medida que o país corre para consertar suas estações antes do inverno, ele se volta para a geração de energia solar e eólica, além das importações da Europa, para obter apoio.

A Reuters não pôde verificar os relatos de forma independente. Não houve comentário imediato da Rússia, que vem bombardeando as regiões leste e sul da Ucrânia com drones e mísseis durante a guerra.

 

Comente esta notícia

Esse est et proident pariatur exercitation