Cuiabá, 12 de Julho de 2024
DÓLAR: R$ 5,43
FTN Brasil | Jornal de Verdade

Internacional Quinta-feira, 28 de Março de 2024, 10:59 - A | A

28 de Março de 2024, 10h:59 A- A+

Internacional /

Putin diz que Rússia não atacará Otan, mas jatos do ocidente serão abatidos na Ucrânia

Caças F-16 devem ser enviados ao exército ucraniano nos próximos meses; presidente russo considera aeronaves como "alvos legítimos"

DA REUTERS

O presidente Vladimir Putin afirmou que a Rússia não tem planos para nenhum país da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) e não atacará a Polônia, os Estados Bálticos ou a República Tcheca, mas se o ocidente fornecer caças F-16 à Ucrânia, eles serão abatidos pelas forças russas.

A invasão da Ucrânia pela Rússia em fevereiro de 2022 desencadeou a crise mais profunda nas relações da Rússia com o Ocidente desde a crise dos mísseis cubanos de 1962.

Falando aos pilotos da força aérea russa, Putin disse que a aliança militar liderada pelos EUA se expandiu para o leste, em direção à Rússia, desde a queda da União Soviética, em 1991, mas que Moscou não tem planos de atacar um estado da Otan.

“Não temos intenções agressivas em relação a estes Estados”, disse Putin, segundo uma transcrição do Kremlin divulgada nesta quinta-feira (28).

“A ideia de que atacaremos outro país – a Polônia, os Estados Bálticos e os checos também estão assustados – é um completo disparate. É apenas uma baboseira.”

O Kremlin, que acusa os EUA de lutarem contra a Rússia apoiando a Ucrânia com dinheiro, armas e inteligência, afirma que as relações com Washington provavelmente nunca foram piores.

Acesse nosso canal de notícias no WhatsApp pelo link: FTN BRASIL

Comente esta notícia

Esse est et proident pariatur exercitation