Cuiabá, 21 de Julho de 2024
DÓLAR: R$ 5,60
FTN Brasil | Jornal de Verdade

Internacional Quinta-feira, 11 de Abril de 2024, 15:16 - A | A

11 de Abril de 2024, 15h:16 A- A+

Internacional /

O que sabemos sobre o roubo de 2007 que colocou O.J. Simpson atrás das grades

Ex-jogador foi absolvido em 1995 da acusação de assassinato, mas foi condenado por assalto à mão armada anos depois

DA CNN

OJ Simpson, o ex-astro e locutor da NFL cujas conquistas atléticas e fama foram eclipsadas por sua absolvição em 1995 nos assassinatos brutais de sua ex-esposa, Nicole Brown Simpson, e seu amigo Ron Goldman, morreu de câncer, anunciou sua família nesta quinta-feira (11).

O ex-jogador foi libertado da prisão em 2017, depois de cumprir cerca de nove anos de uma pena de 33 anos por sequestro e assalto à mão armada em Las Vegas.

No roubo de 2007, Simpson fazia parte de um grupo que invadiu um hotel e cassino para roubar memorabilia esportiva de dois traficantes sob a mira de uma arma.

Simpson foi condenado por acusações que incluem sequestro, assalto à mão armada e agressão com arma mortal. O ex-astro universitário e do futebol profissional disse em sua sentença que estava tentando recuperar heranças de família e outros itens pessoais que haviam sido roubados dele, e alegou que não sabia que os outros portavam armas.

Durante seus anos na prisão, Simpson passou o tempo jogando Fantasy Football, treinando softball e, pelo menos no início, comendo muita junk food, segundo guardas e um presidiário que estavam lá com ele.

Simpson obteve liberdade condicional antecipada em 2021, de acordo com o Departamento de Segurança Pública de Nevada.

Simpson passou a vida inteira sob os holofotes, primeiro por suas habilidades atléticas na faculdade e na NFL, depois como ator, e depois como suspeito do assassinato de sua ex-esposa.

O.J. Simpson e Nicole Brown Simpson posam na estreia de "Naked Gun 33 1/3: The Final Isult", em que O.J. estrelou em 16 de março de 1994 em Los Angeles, Califórnia.
Crédito: Vinnie Zuffante/Getty Images

 

O.J. Simpson durante sua audiência de liberdade condicional no Lovelock Correctional Center, em 20 de julho de 2017, em Lovelock, Nevada.
Crédito: Jason Bean-Pool/Getty Images

Comente esta notícia

Esse est et proident pariatur exercitation