Cuiabá, 22 de Junho de 2024
DÓLAR: R$ 5,43
FTN Brasil | Jornal de Verdade

Geral Sexta-feira, 31 de Maio de 2024, 08:47 - A | A

31 de Maio de 2024, 08h:47 A- A+

Geral / AUMENTO NA RECEITA

GDF arrecada R$ 11,3 bilhões no primeiro quadrimestre de 2024, 15% a mais que em 2023

As despesas totais do GDF também subiram entre janeiro e abril de 2024 e chegaram a R$ 9,6 bilhões. O aumento foi de 26%

DA REDAÇÃO

O Governo do Distrito Federal (GDF) arrecadou R$ 11,3 bilhões entre janeiro e abril de 2024, segundo o relatório quadrimestral apresentado nessa quarta-feira (29/5) à Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF).

De acordo com a Secretaria de Economia, houve aumento de 15% na receita, em comparação com o mesmo período do ano passado, quando a arrecadação foi de R$ 9,8 bilhões.

“Esse aumento na arrecadação é importante para que possamos cumprir os reajustes de servidores já acordados. Inclusive, o relatório destaca que, nos últimos 12 meses, tivemos um aumento de mais de R$ 4 bilhões com a folha. Em julho, teremos mais um aumento significativo com o pagamento da segunda parcela do reajuste linear de 6%”, disse o secretário de Economia do DF, Ney Ferraz Júnior.

Acesse nosso canal de notícias no WhatsApp pelo link: FTN BRASIL

As despesas totais do GDF também cresceram no primeiro quadrimestre de 2024. O Executivo local gastou R$ 9,6 bilhões de janeiro a abril de 2024, 26% a mais que em 2023, quando os gastos chegaram a R$ 7,6 bilhões no mesmo período de 2023.

O que mais pesa nas contas no governo é a despesa com servidor: foram gastos R$ 5,2 bilhões, 34,74% a mais que no primeiro quadrimestre de 2023 (R$ 3,9 bilhões). Àquela altura, no ano passado, o reajuste salarial de 6% não havia sido pago ainda. A recomposição foi incorporada a partir de julho.

Nos últimos 12 meses, a despesa bruta com pessoal foi de R$ 37,4 bilhões, considerando, também, o aumento salarial concedido às forças de segurança em julho de 2023 e em janeiro de 2024. Em comparação aos 12 meses anteriores ao primeiro quadrimestre de 2023, houve aumento de R$ 4,4 bilhões (13,55%).

O Relatório de Metas Fiscais do Primeiro Quadrimestre de 2024 foi apresentado pela equipe técnica da Secretaria de Economia do DF à CLDF, em audiência pública.

Segundo o secretário de Economia, o GDF concentrará esforços na captação de novos recursos e na intensificação da fiscalização tributária para aumento da arrecadação. “Só assim será possível seguir investindo na melhoria dos serviços de saúde, educação e, ainda em infraestrutura”, pontuou.

Ney Ferraz disse que a saúde “é a prioridade número 1 do governador Ibaneis Rocha”. “Vamos nomear agora mais 490 novos servidores. Além de recompor o quadro de pessoal da saúde, precisamos desses recursos extras para construir mais 6 hospitais, 7 Upas e 12 UBSs. Estamos totalmente comprometidos com isso”, afirmou.

 

Comente esta notícia

NOTÍCIAS DO BRASIL E DO MUNDO