Cuiabá, 21 de Junho de 2024
DÓLAR: R$ 5,45
FTN Brasil | Jornal de Verdade

Geral Sábado, 18 de Maio de 2024, 08:03 - A | A

18 de Maio de 2024, 08h:03 A- A+

Geral / CATÁSTROFE AMBIENTAL

Força Nacional de Segurança reforça proteção por mais 30 dias no Rio Grande do Sul

Com prorrogação de permanência, grupo ficará no Estado até 16 de junho, conforme portaria assinada pelo ministro Ricardo Lewandowski

DEIVID SOUZA
DO METRÓPOLES

A permanência da Força Nacional de Segurança Pública por mais 30 dias no Rio Grande do Sul foi oficializada nesta sexta-feira (17/5), por meio da portaria 687/2024 do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), assinada pelo titular da pasta Ricardo Lewandowski.

O grupo, formado por 300 agentes, reforça a proteção a bens materiais e às pessoas no Rio Grande do Sul, que passa por uma catástrofe ambiental, com consequências na segurança pública. A prorrogação da atuação da Força Nacional no Estado vigora do sábado (18/5) ao dia 16/6.

Acesse nosso canal de notícias no WhatsApp pelo link: FTN BRASIL 

Rio Grande do Sul tem enfrentado a atuação de facções. Crimes de saques, roubos, furtos e tentativas de homicídios têm sido relatados. A proteção dos abrigos onde estão mais de 78 mil pessoas é uma das questões nas quais as forças de segurança têm atuado.

Os agentes da Força Nacional atuam no patrulhamento ostensivo fazendo, inclusive, abordagens, seja a pedestres ou passageiros de embarcações. Este tipo de trabalho é em apoio à Brigada Militar (a Polícia Militar do gaúcha).

Conforme o documento emitido pelo MJSP, o governo local deverá proporcionar apoio logístico com infraestrutura. 

O ministério também enviou contingente de outras forças de segurança, como Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Força Penal Federal (FPF). O efetivo total é de mais de 1 mil servidores. Além disto, equipamentos e veículos também servem no suporte ao Rio Grande do Sul.

 

Comente esta notícia

NOTÍCIAS DO BRASIL E DO MUNDO