Cuiabá, 20 de Julho de 2024
DÓLAR: R$ 5,60
FTN Brasil | Jornal de Verdade

Esportes Segunda-feira, 13 de Maio de 2024, 11:50 - A | A

13 de Maio de 2024, 11h:50 A- A+

Esportes /

Em meio a debate sobre paralisação CBF convoca clubes para reunião

Presidentes dos 20 clubes que disputam o Brasileirão vão participar. Paralisação de torneios é discutida devido à crise no Rio Grande do Sul

FLÁVIA SAID
DO METRÓPOLIS

O presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ednaldo Rodrigues Gomes, convocou os presidentes dos clubes participantes da Série A do Campeonato Brasileiro de Futebol para um Conselho Técnico Extraordináro no dia 27 de maio, segunda-feira, às 14 horas. A convocação ocorre em um momento em que a entidade e os clubes debatem medidas em virtude da situação de calamidade no Rio Grande do Sul.

Acesse nosso canal de notícias no WhatsApp pelo link: FTN BRASIL 

Na semana passada, o Ministério do Esporte defendeu a interrupção temporária das rodadas do Campeonato Brasileiro. O presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues pediu, então, a opinião dos presidentes dos clubes das Séries A, B, C e D. A entidade ainda aguarda o retorno de todos.

Por enquanto, o que está em vigência é uma suspensão, até o dia 27 de maio, dos jogos que envolvam times do Rio Grande do Sul nas quatro divisões do Campeonato Brasileiro masculino (A, B, C e D), o Brasileirão Feminino (A1, A2 e A3), a Copa do Brasil, e o Brasileirão Sub-20 masculino e feminino. A medida atendeu a uma solicitação feita pela Federação Gaúcha de Futebol.

 

No ofício enviado neste domingo (12/5), Ednaldo Rodrigues ressaltou que a CBF se solidariza com cada vítima do evento clmático e disse que a entidade está “empreendendo todos os esforços, no âmbito nacional e internacional, que estão ao seu alcance para colaborar com o povo gaúcho nessa drástica crise através de ações e inciativas, sem prejuízo de outras que ainda serão desenvolvidas, caso necessário”.

O último boletim da Defesa Civil gaúcha, divulgado na manhã deste domingo (12/5), apontou 143 mortos, 81.170 vítimas em abrigos e 537.380 pessoas permanecem desalojadas.

Os presidentes dos clubes deverão confirmar presença até o dia 20. “Tendo em vista a relevância dos assuntos a serem tratados, contamos com a participação de todos”, escreveu o presidente da CBF.

 

Comente esta notícia

Esse est et proident pariatur exercitation