Cuiabá, 21 de Junho de 2024
DÓLAR: R$ 5,45
FTN Brasil | Jornal de Verdade

Esportes Segunda-feira, 27 de Maio de 2024, 11:13 - A | A

27 de Maio de 2024, 11h:13 A- A+

Esportes /

Brasil chega a 11 pódios e está no topo do Mundial de Atletismo no Japão

No segundo dia de disputas, brasileiros têm seis ouros, quatro pratas e um bronze

ELISA RIBEIRO
DA REDAÇÃO

O Brasil encerrou o segundo dia do Mundial de atletismo em Kobe, no Japão, na frente da China no quadro geral de medalhas, assim como foi na abertura na sexta-feira (17). Após se alternarem no topo da tabela ao longo da manhã de sábado (no Brasil, 18), os brasileiros terminaram na liderança com 11 pódios no total, sendo seis ouros, quatro pratas e um bronze. Os chineses empatam em número de ouros, mas têm três pratas e sete bronzes, com 16 conquistas no total.

A medalha que decretou a vantagem da Seleção Brasileira sobre os asiáticos neste dia foi do paraibano Cícero Nobre, que conquistou seu bicampeonato mundial no lançamento de dardo F57 (que competem sentados). Com o título mundial, Cícero ainda conquistou a sua vaga para os Jogos Paralímpicos de Paris 2024, já que a medalha de ouro em Mundiais é um dos critérios de entrada de classificação elaborados pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB). Todos os atletas, porém, precisam aguardar tal confirmação por meio da convocação oficial, que será realizada até a primeira quinzena de julho.

Acesse nosso canal de notícias no WhatsApp pelo link: FTN BRASIL 

O Mundial no Japão é realizado no mesmo ano dos Jogos Paralímpicos de Paris 2024, após o Comitê Organizador Local (LOC, na sigla em inglês) solicitar ao Comitê Paralímpico Internacional (IPC, em inglês) o adiamento do evento, que seria em 2021, devido à pandemia de covid 19. Com isso, a cidade japonesa sedia a competição de atletismo no ano posterior ao Mundial de Paris 2023, quando o Brasil teve seu melhor desempenho na história em Mundiais. Foram 47 medalhas no total, sendo 14 ouros, 13 pratas e 20 bronzes.

Comente esta notícia

NOTÍCIAS DO BRASIL E DO MUNDO