Cuiabá, 14 de Julho de 2024
DÓLAR: R$ 5,43
FTN Brasil | Jornal de Verdade

Destaque Quarta-feira, 05 de Junho de 2024, 12:38 - A | A

05 de Junho de 2024, 12h:38 A- A+

Destaque / VEJA A LISTA

Vereador de Cuiabá, ex-jogador, proprietário do Dallas Bar, DJ e influencer são alvos da operação da PF

Consta na investigação que criminoso compraram uma casa noturna em Cuiabá pelo valor de R$ 800 mil. Além disso, quatro casas de shows tiveram as atividades suspensas e contas dos alvos foram bloqueadas

PAULA VALÉRIA
DA REDAÇÃO

A manhã desta quarta-feira (5) está sendo bem agitada em Cuiabá, após ser deflagrada a Operação Ragnatela, que culminou na prisão de oito pessoas, entre elas figuras públicas, suspeitas de integrar uma facção criminosa que atuava em um esquema de lavagem de dinheiro em casas noturnas da Capital. A ação da Polícia Federal também resultou na apreensão de 13 carros, entre eles veículos de alto padrão como: BMW 320i, Camaro SS, Dodge Ram e dois Jeep Compass. A Justiça ordenou o bloqueio de até R$ 5 milhões de cada um dos investigados. Acompanhe a lista dos alvos no final da matéria.

Consta na investigação da Polícia Federal, que os criminosos compraram uma casa noturna em Cuiabá pelo valor de R$ 800 mil, pagos em espécie. Além disso, mais quatros casas de shows tiveram as atividades suspensas e contas dos alvos foram bloqueadas.  

Os criminosos contavam ainda com apoio de agentes públicos, que fiscalizavam os locais e expediam licença para a realização dos shows sem a documentação necessária. A facção determinava ainda que não fossem contratados artistas de outros estados onde a facção rival é atuante, como, por exemplo, São Paulo.  

Acesse nosso canal de notícias no WhatsApp pelo link: FTN BRASIL

De acordo com o delegado da Polícia Federal, Antônio Flavio, um dos investigados é o vereador de Cuiabá, Paulo Henrique (MDB), que tinha uma relação próxima com outros investigados e até troca de favores. O parlamentar teve o celular apreendido, bem como um veículo Jeep Compass.

"Identificamos que tem alguns agentes públicos, entre eles um parlamentar, que tem relação muito próxima esses investigados, inclusive com troca de favores e recebimento de vantagens financeiras de forma indireta. Por este motivo, ele sofreu uma medida cautelar no dia de hoje e vamos dar continuidade as investigações para saber exatamente a participação dele na vinculação com a facção criminosa."

Segundo o delegado ainda está sendo apurado o nível de participação do parlamentar. "Ele tinha uma vinculação, identificamos que ele tinha  uma participação dentro da secretaria municipal em que tinham pessoas ligadas a ele e essa secretaria municipal é responsável pela fiscalização dessas casas noturnas e concessão das autorizações dos eventos", declarou o delegado.

Outro investigado divulgado foi o coordenador do cerimonial da Câmara de Cuiabá, Rodrigo de Souza Leal, que seria indicação de Paulo Henrique, que teve a prisão preventiva decretada. 

Entre os alvos ainda está o DJ Everton Detona. A polícia cumpriu mandados de busca e apreensão contra ele e um veículo BMW foi apreendido. Outro alvo é o empresário William Aparecido da Costa Pereira, conhecido como ‘Gordão’, propieitário do Dallas Bar e Strick Pub.  

A Força-tarefa informou que em 2023, no show de MC Daniel, quando o cantor foi hostilizado e saiu escoltado pela polícia. O integrante da facção criminosa, que promoveu o show do cantor, foi punido pela própria facção sob pena de ficar sem produzir eventos e trazer shows para Cuiabá por dois anos.

Operação Ragnatela

A ação foi deflagrada pela FICCO (Força Integrada de Combate ao Crime Organizado), que é composta por Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil e Polícia Militar de Mato Grosso.

As forças de segurança cumpriram oito mandados de prisão preventiva e 36 de busca e apreensão em Mato Grosso e Rio de Janeiro, além do sequestro de imóveis e veículos, bloqueio de contas bancárias, afastamento de servidores de cargos públicos e suspensão de atividades comerciais.

As ordens judiciais foram expedidas pelo Núcleo de Inquéritos Policiais da Comarca de Cuiabá.

Veja lista com os nomes alvos da operação:

Prisão

Joadir Alves Gonçalves
Joanilson de Lima Poliveira
Wilian Aparecido da Costa Pereira
Rodrigo de Souza Leal
Elzyo Jardel Xavier Pires
Kamila Beretta Bertoni
João Lenon Arruda de Souza

Busca e apreensão

Joadir Alves Gonçalves
Lauriano Silva Gomes da Cruz
Joanilson de Lima Oliveira
Willian Aparecido da Costa Pereira
Rodrigo de Souza Leal
Elzyo Jardel Xavier Pires
Kamillla Beretta Bewrtoni
Paulo Henrique de Figueiredo
Rodrigo Anderson de Arruda Rosa
Agner Luiz Pereira de Oliveira Soares
Winkler de Freitas Teles
Luiz Otávio Natalino
Vinicius Pereira da Silva
Danilo de Lima Oliveira
Everton Marcelino Muniz
Stheffany Xavier de Melo Silva
Ana Cristina Brauna Freitas
Antidia Tatine Moura Ribeiro
Matheus Araújo Barbosa
Renan Diego dos Santos Josetti
Rafael Piaia Pael
Wilson Carlos da Costa
João Lenon Arruda de Souza
Clawilson Almeida Lacava
Dallas Bar
Clube CT Mangueiras
WA da Costa Pereira - Complexo Beira Rio
Sindicato dos Agentes de Fiscalização

Álbum de fotos

Reprodução

Reprodução

Reprodução

Reprodução

Reprodução

Reprodução

Reprodução

Reprodução

Comente esta notícia

Esse est et proident pariatur exercitation