Cuiabá, 12 de Julho de 2024
DÓLAR: R$ 5,43
FTN Brasil | Jornal de Verdade

Destaque Sexta-feira, 05 de Abril de 2024, 14:11 - A | A

05 de Abril de 2024, 14h:11 A- A+

Destaque / ELEIÇÕES EM BARRA DO GARÇAS

Em confronto direto com ex-prefeito, Adilson lidera pesquisa com vantagem de 30 pontos

PL tentou barrar pesquisa realizada pela empresa PercentBrasil, mas Justiça Eleitoral não viu indícios de erro e derrubou liminar

DA REDAÇÃO

A pesquisa eleitoral realizada pela empresa Percent Brasil, entre 9 e 12 de março, revelou dados significativos sobre as intenções de voto dos eleitores de Barra do Garças para as próximas eleições municipais. O levantamento, encomendado pelo Portal FTN Brasil e registrado na justiça eleitoral sob o número MT-06204/2024, entrevistou 600 pessoas e demonstrou que o atual prefeito, Dr. Adilson, lidera com folga em um cenário de confronto direto com os outros candidatos.

Por meio da abordagem presencial, foram utilizados dois métodos de pesquisa para realizar as entrevistas em bairros da zona urbana e rural de Barra do Garças, a espontânea, onde nenhuma alternativa é dada ao entrevistado, e a estimulada, realizada através da aplicação de perguntas e alternativas.

De acordo com os resultados obtidos pelo método de pesquisa espontâneo, Adilson tem liderado com 34,8%, seguido pelo segundo colocado com 13,8%, este cenário mostra uma diferença de 21 pontos percentuais entre os candidatos. Veja os gráficos no final da matéria.

Por outro lado, nos resultados da pesquisa pelo método estimulado, onde são apresentados cartões com nomes dos pré-candidatos, Adilson alcançou 54,5% das intenções de voto, enquanto o segundo colocado obteve apenas 24,5%. Esse cenário reflete uma vantagem de 30 pontos percentuais para o atual prefeito em relação ao seu principal concorrente.

Entretanto, quando a pesquisa incluiu mais um pré-candidato, as intenções de voto se distribuíram de maneira diferente. No cenário estimulado, Adilson manteve a liderança com 53,2%, seguido pelo segundo colocado, com 23,7%, e o terceiro, com apenas 2,2% das intenções de voto. O terceiro candidato, vale destacar, é o pré-candidato com maior índice de rejeição, sendo que 30% dos eleitores afirmaram que não votariam nele em nenhuma hipótese.

Quando o cenário se mantém com apenas dois candidatos, o segundo colocado aparece com a maior rejeição, com 24,2% dos eleitores afirmando que não votariam nele de jeito nenhum. Adilson, por sua vez, registrou uma taxa de rejeição significativamente menor, com apenas 10,8% dos eleitores declarando que não votariam nele.

A amostragem é de 600 entrevistas presenciais entre os dias 09 e 12 de março de 2024, o intervalo de confiança da pesquisa é de 95% e a margem de erro é de 3,97% para mais ou para menos, o que confere confiabilidade aos resultados obtidos. A Pesquisa Quantitativa "com técnica de Survey de Opinião", foi registrada no Tribinal Superior Eleitoral sob o nº MT-06204/2024.

FTN Brasil

Espontânea

 

FTN Brasil

Estimulada 1

 

FTN Brasil

Estimulada 2

 

FTN Brasil

Rejeição Estimulada 1

 

FTN Brasil

Rejeição Estimulada 2

 

 

 

 Veja decisão:

 

Anexos

Comente esta notícia

Esse est et proident pariatur exercitation