Cuiabá, 17 de Julho de 2024
DÓLAR: R$ 5,48
FTN Brasil | Jornal de Verdade

Política e Eleições Quinta-feira, 30 de Maio de 2024, 11:00 - A | A

30 de Maio de 2024, 11h:00 A- A+

Política e Eleições / DESENVOLVIMENTO TURÍSTICO

Investimentos do Governo de MT no setor de turismo é destaque na Fit Pantanal

Neste ano, o Governo do Estado destinou R$ 3,9 milhões para a realização da maior edição da feira de turismo de MT

PAULA VALÉRIA
DA REDAÇÃO

Na noite desta quarta-feira (29), no Centro de Eventos do Pantanal, em Cuiabá, o investimentos do Governo de Mato Grosso em obras de infraestrutura e apoio ao desenvolvimento do turismo no Estado foi destaque durante a abertura oficial da Feira Internacional do Turismo do Pantanal 2024 (FIT Pantanal).

O Governo do Estado já investiu na área do turismo cerca de R$ 66,2 milhões em obras, que estão em execução, e outros R$ 56 milhões em investimento estão em fase de licitação ou projeto. Já foram aplicados R$ 20,7 milhões em obras, dentre elas o Mirante de Jaciara, reforma da Praça Dom Wunibaldo e a Rua Coberta, em Chapada dos Guimarães.

Só neste ano, o Governo do MT destinou R$ 3,9 milhões para a realização da maior edição da feira de turismo de Mato Grosso. São cerca de 300 expositores, em torno de 40 municípios participantes, 100 artesãos mostrando os artesanatos tradicionais, indígenas e quitutes típicos em uma variedade de estandes. Também será realizada a Feira da Agricultura Familiar e Turismo Rural, os visitantes terão a oportunidade de explorar uma ampla gama de produtos de qualidade, incluindo queijos, remédios naturais, café, banana, cosméticos naturais, mel, mudas de pequi e temperos naturais.

O governador comentou sobre os resultados de pesquisas encomendadas por companhias aéreas para antecipar o movimento dos turistas e direcionar investimentos e uma das conclusões é de que as pessoas do mundo inteiro estavam buscando cada vez mais novos destinos turísticos, principalmente ligados ao turismo ambiental e ecológico. Por isso, o Pantanal tem um grande potencial de atrair uma parte desse turismo internacional.

Acesse nosso canal de notícias no WhatsApp pelo link: FTN BRASIL

“Nós devemos transformar essa oportunidade em negócios. A maior parte dos turistas querem ficar em hotel bom, circular em estradas boas, sair com segurança e chegar rápido. Esse papel de investimento na infraestrutura é o papel do Estado. Não é o empreendedor que vai fazer. Os empresários tem que investir no seu negócio, no seu site, no seu hotel, na sua pousada. Cabe ao Governo criar as condições, ter um planejamento e executar para que ele possa estimular o investimento”, disse o governador, que foi homenageado por empresários com o Troféu Mérito do Turismo Mato-grossense em reconhecimento ao apoio no setor.

O presidente da Fecomércio, José Wenceslau Junior, disse que o governador mudou o turismo de Mato Grosso com muitos investimentos em infraestrutura, tem fomentado parcerias com o trade de turismo, investido em promoção nas feiras nacionais dando espaço para o empresariado divulgar seus atrativos, além da parceria com o Sesc com a concessão da Salgadeira. Ele também destacou a importância da agricultura familiar e o potencial do turismo rural, iniciativa da FIT 2023 e que neste ano vem com mais força.

“O governador Mauro Mendes mudou o turismo do estado de Mato Grosso. Agradeço a todos os investimentos que tem feito incentivando o turismo, o que senhor tem feito pelo turismo no estado de Mato Grosso, e isso nunca aconteceu em nenhum governo passado”.

De acordo com o presidente do Sebrae/MT, Jonas Alves de Souza, a importância do Sebrae Mato Grosso na promoção dos pequenos negócios ligados ao turismo, apontando que o estado possui mais de 46 mil empresas diretamente envolvidas no setor, das quais 95% são pequenos empreendimentos. Além disso, Mato Grosso conta com mais de 116 mil empresas associadas à cadeia produtiva do turismo, como bares e restaurantes, sendo 91% delas pequenos negócios. Além disso, o turismo é uma alternativa econômica de baixo carbono, e que o Sebrae está empenhado em fortalecer os princípios do turismo sustentável entre os pequenos negócios.

"O turismo cresce cerca de 16% ao ano, movimentando pequenos negócios capazes de gerar emprego e renda para as famílias e os municípios. Mato Grosso é reconhecido nacionalmente e internacionalmente como um grande produtor de alimentos e agronegócio, mas também é detentor de inúmeras belezas naturais, com três biomas distintos — Amazônia, Cerrado e Pantanal — e uma rica biodiversidade ainda pouco explorada pelo turismo", afirmou.

Também participaram da abertura do evento o senador Wellington Fagundes, o secretário-chefe da Casa Civil, Fábio Garcia; os deputados federais Abílio Brunini e Gisela Simona; os deputados estaduais Nininho, Gilberto Cattani e Carlos Avallone; o secretário de Estado de Agricultura Familiar, Luluca Ribeiro; o secretário adjunto de Turismo, Felipe Wellaton; o presidente da Empaer, Suelme Fernandes; o vice-presidente da Fiemt, Sérgio Antunes, além de outras autoridades e empresários.

Comente esta notícia

Esse est et proident pariatur exercitation