Cuiabá, 22 de Junho de 2024
DÓLAR: R$ 5,43
FTN Brasil | Jornal de Verdade

Polícia Quinta-feira, 30 de Maio de 2024, 10:20 - A | A

30 de Maio de 2024, 10h:20 A- A+

Polícia / CASO ODENIL

Polícia Civil identifica autor de execução de militar e apreende veículo usado no crime

O veículo e os pertences foram apreendidos em um endereço na Rua Paraná, no bairro CPA 2, em Cuiabá

PAULA VALÉRIA
DA REDAÇÃO

Na noite desta quarta-feira (29), a Polícia Civil de Mato Grosso, através da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Cuiabá, com apoio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (DERF), conseguiu identificar o executor do assassinato do sargento da Policial Militar, Odenil Alves Pedroso, ocorrido na tarde desta última terça-feira (28), próximo a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Morada do Ouro, na capital. 

Durante as diligências investigativas ininterruptas, as equipes da DHPP localizaram um endereço na Rua Paraná, do bairro CPA 2, a motocicleta, o capacete, botinas e uma jaqueta utilizados pelo criminoso no momento da execução do policial militar. 

Acesse nosso canal de notícias no WhatsApp pelo link: FTN BRASIL

As equipes da DHPP e Derf Cuiabá chegaram à identificação do executor após análises de imagens de câmeras de monitoramento e outras diligências investigativas. O criminoso Raffael Amorim de Brito, 28 anos, tem mandados de prisão em aberto pelos crimes de roubo e extorsão mediante sequestro. 

As equipes investigativas seguem com as diligências para localizá-lo e também identificar outros possíveis envolvidos no homicídio, assim como chegar à motivação para o crime. 

O crime

O policial militar Odenil Alves Pedroso, de 47 anos, foi atingido por disparos de arma de fogo na tarde de terça-feira (28), quando estava próximo à UPA do bairro Morada do Ouro, na capital, onde prestava serviço extraordinário. Ele estava em uma lanchonete, quando um atirador desceu de uma motocicleta, fez os disparos contra o servidor público e ainda roubou a arma do militar. 

A vítima foi socorrida em estado grave, com apoio de uma aeronave do Ciopaer, ao Hospital Municipal de Cuiabá, onde foi entubada e passou por cirurgia, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos, falecendo por volta das 19 horas do mesmo dia.

Comente esta notícia

NOTÍCIAS DO BRASIL E DO MUNDO