Cuiabá, 14 de Julho de 2024
DÓLAR: R$ 5,43
FTN Brasil | Jornal de Verdade

Polícia Quarta-feira, 12 de Junho de 2024, 08:00 - A | A

12 de Junho de 2024, 08h:00 A- A+

Polícia / OPERAÇÃO DEEP FAKE

PCGO prende trio por tentativa de fraude bancária utilizando inteligência artificial

Criminosos utilizaram programas de inteligência artificial na tentativa de burlar o reconhecimento facial para abrir o aplicativo bancário dos correntistas

PAULA VALÉRIA
DA REDAÇÃO

Na manhã desta terça-feira (11) foi deflagrada pela Polícia Civil de Goiás (PCGO), por meio do Grupo de Repressão a Estelionato e Outras Fraudes, da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (GREF/DEIC) e com apoio da Polícia Civil de São Paulo, a Operação Deep Fake. A ação dos policiais resultou no cumprimento de três mandados de prisão e três de busca e apreensão em Goiânia (GO) e São Paulo (SP).

Durante as investigações, a PCGO apurou que os investigados tentaram acessar por mais de 700 vezes, de forma fraudulenta, cerca de 259 contas bancárias de um banco digital.

Acesse nosso canal de notícias no WhatsApp pelo link: FTN BRASIL 

Os criminosos utilizaram programas de inteligência artificial na tentativa de burlar o reconhecimento facial para abrir o aplicativo bancário dos correntistas, não logrando êxito em razão da eficiente atuação do Setor de Detecção e Prevenção a Fraudes do Banco.

Estima-se que, se os criminosos tivessem  acessado as contas, eles teriam provocado um prejuízo de aproximadamente R$ 1,2 milhão.

Durante o cumprimento dos mandados foram apreendidos carro, a quantia de R$ 14,7 mil em espécie, cartões de crédito, máquinas de cartão de crédito, celulares e notebooks, demonstrando que os investigados continuavam a praticar golpes.

Após as formalidades de praxe, os presos foram colocados à disposição do poder judiciário.

A investigação prossegue a cargo do GREF/DEIC da PCGO.

Comente esta notícia

Esse est et proident pariatur exercitation