Cuiabá, 18 de Junho de 2024
DÓLAR: R$ 5,43
FTN Brasil | Jornal de Verdade

Polícia Quinta-feira, 23 de Maio de 2024, 15:01 - A | A

23 de Maio de 2024, 15h:01 A- A+

Polícia / PC INVESTIGA O CASO

Padrasto tem prisão preventiva decretada após denúncia de possível estupro na própria enteada

Suspeito foi detido inicialmente, em flagrante, por ameaça contra a adolescente; apuração comprovou que ele também abusou sexualmente da menor

ELISA RIBEIRO
DA REDAÇÃO

Um homem detido em flagrante depois de ameaçar a enteada teve a prisão convertida em preventiva, nesta quarta-feira (22), após a Polícia Civil reunir elementos que comprovaram que ele abusou sexualmente da adolescente.

No dia 21 de maio, o suspeito de 34 anos foi preso em flagrante, na cidade de Nova Lacerda, após ameaçar a enteada de 14 anos, e foi conduzido à Delegacia de Comodoro para investigação do caso.

Acesse nosso canal de notícias no WhatsApp pelo link: FTN BRASIL 


Durante as diligências, que incluíram depoimentos de testemunhas, da vítima e de conselheiros tutelares, a equipe da Delegacia de Comodoro apurou situações mais graves do que o que foi inicialmente denunciado, não se tratando de uma ameaça, mas de um caso contínuo de abuso sexual.

A investigação revelou que a enteada já havia denunciado o padrasto ao Conselho Tutelar, dias antes. E durante uma palestra na escola sobre a Campanha Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, no movimento Maio Laranja, a adolescente relatou que sofria abusos desde os 13 anos.

Com base nas informações apuradas, o delegado de Comodoro representou pela prisão preventiva do suspeito. Em audiência de custódia nesta quarta-feira, o juízo da Comarca de Comodoro decidiu converter o flagrante em prisão preventiva.

O investigado foi encaminhado à Cadeia Pública de Comodoro, onde permanecerá à disposição da justiça até nova decisão.

Comente esta notícia

NOTÍCIAS DO BRASIL E DO MUNDO