Cuiabá, 18 de Julho de 2024
DÓLAR: R$ 5,57
FTN Brasil | Jornal de Verdade

Polícia Quarta-feira, 20 de Março de 2024, 11:20 - A | A

20 de Março de 2024, 11h:20 A- A+

Polícia / CRIME DE FEMINICÍDIO EM MT

Marido acusado de matar esposa a facadas e deixar corpo trancado com os filhos da vítima é preso no Pará

O suspeito afirmou que cometeu o crime para conseguir usar a digital da vítima e desbloquear o celular dela

ELISA RIBEIRO
DA REDAÇÃO

Foi preso na noite desta terça-feira (19), no estado do Pará, Edson Douglas Gadino, de 25 anos, acusado de matar a facadas Lorrane Cristina Silva Lima, de 23 anos, na manhã do dia 12 de março deste ano, na cidade de Diamantino (208 km ao norte de Cuiabá). A vítima foi encontrada morta junto com seus filhos de 5 e 7 anos no dia seguinte. Após cometer o crime, o suspeito fugiu para o Pará.

Segundo o delegado da Polícia Civil, Marcos Bruzzi, durante as investigações, descobriu-se que o suspeito tinha antecedentes criminais no Pará. Após diligências e trabalho conjunto com a justiça do estado citado, a localização do acusado foi descoberta.

Acesse nosso canal de notícias no WhatsApp pelo link: FTN BRASIL


Durante a abordagem, o suspeito afirmou que cometeu o crime para conseguir usar a digital da vítima e desbloquear o celular dela. O criminoso será interrogado pelo delegado nesta quarta-feira (20).

O Crime

 

Lorrane Cristina Silva de Lima, foi morta a facadas pelo marido, no bairro Pedregal, em Diamantino (a 183 km de Cuiabá). Após matar a esposa, o suspeito, identificado como Douglas Galdino Santos, trancou os enteados menores de idade dentro da casa e fugiu.

A jovem foi morta a facadas na terça-feira (13), no entanto foi encontrada já em decomposição na noite de quarta (14), no bairro Pedregal, após a diretora da escola dos filhos perceberem duas faltas das crianças e ir até a residência verificar o que estava ocorrendo.

Os meninos de 5 e 7 anos estavam trancados dentro da casa, sendo que um deles informou que a mãe estava dormindo e o padrasto tinha saído para comprar remédios.

O crime ocorreu após uma discussão entre a vítima e o suspeito. Ele queria mexer no celular da mulher, e quando ela negou acabou destruindo o aparelho e em seguida desferiu vários golpes de faca contra ela.

Comente esta notícia

Esse est et proident pariatur exercitation