Cuiabá, 12 de Junho de 2024
DÓLAR: R$ 5,41
FTN Brasil | Jornal de Verdade

Polícia Terça-feira, 11 de Junho de 2024, 08:15 - A | A

11 de Junho de 2024, 08h:15 A- A+

Polícia / VIGIA MAIS MT

Foragidos da Justiça em Cuiabá é preso com Sistema de reconhecimento facial da Sesp

Tecnologia está em fase de testes há cerca de três meses na Arena Pantanal

ELISA RIBEIRO
DA REDAÇÃO

Tecnologia de reconhecimento facial do programa Vigia Mais MT, da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), identificou quatro pessoas foragidas da Justiça em Cuiabá. Essas prisões ocorreram durante jogos esportivos na Arena Pantanal, onde 14 câmeras de segurança monitoram as áreas internas e externas do estádio. 

Esse sistema de reconhecimento facial está conectado ao Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), que emite um alerta quando um foragido da Justiça passa pelas câmeras de videomonitoramento. A Central de Monitoramento, então, faz uma série de conferências manuais verificando os bancos de dados da Polícia Judiciária Civil e do Banco Nacional de Mandados de Prisão para evitar "falsos positivos". 

Acesse nosso canal de notícias no WhatsApp pelo linkFTN BRASIL 

Somente após todas verificações, o Ciosp aciona o 10º Batalhão da Polícia Militar, anexo à Arena Pantanal, que faz a abordagem ao foragido da Justiça e o conduz para a Delegacia de Polícia Civil para as providências necessárias. 

O superintendente do Ciosp, delegado Cláudio Alvarez Sant'Ana explica que a tecnologia está em fase de testes há cerca de três meses, apresentando resultados positivos.  

“Iniciamos as tratativas com a Coordenadoria de Tecnologia da Polícia Civil e a empresa FacePass, através de um investimento do Cuiabá Esporte Clube, em novembro de 2023, e há cerca de três meses, começamos oficialmente a fazer os testes. A Arena Pantanal é um local com grande movimentação de pessoas e já foram quatro foragidos da Justiça presos através desta tecnologia", conta. 

A prisão mais recente resultado do reconhecimento facial, ocorreu na partida de futebol entre o Cuiabá e Vitória, no dia 5 deste mês. Uma jovem de 23 anos, com mandado de prisão decretado pela Comarca de Ponta Porã (MS) por tráfico de drogas, foi identificada pela tecnologia. Após a confirmação do mandado feita pela Central de Monitoramento do Ciosp, policiais militares foram até a arquibancada e efetuaram a prisão da mulher. 

O secretário de Segurança Pública, coronel PM César Roveri destaca que o objetivo é expandir o sistema de reconhecimento facial por meio das câmeras do Vigia Mais MT para todo Mato Grosso, seguindo a determinação do governador Mauro Mendes. 

“O Governo do Estado investe pesado no combate à criminalidade e o programa Vigia Mais MT é um exemplo disso. Serão instaladas 15 mil câmeras, o software e o armazenamento das imagens que somam um investimento de R$ 30 milhões, para criar uma verdadeira muralha digital. A tecnologia é uma grande aliada da força humana e unimos essas duas ferramentas em prol da segurança da população mato-grossense”.

Vigia Mais MT 

O Governo do Estado está equipando os 142 municípios de Mato Grosso com 15 mil câmeras de videomonitoramento com objetivo de fortalecer as ações de segurança e reduzir os índices criminais. Sem nenhum custo, a Sesp concede câmeras de três modelos e cabe ao parceiro (prefeitura ou ente privado) arcar com custos da instalação, internet e manutenção.

A partir da integração com a Segurança Pública, as imagens captadas são compartilhadas, em tempo real, nas telas do Ciosp e em celulares funcionais dos policiais locais e outras pessoas autorizadas.

Comente esta notícia

NOTÍCIAS DO BRASIL E DO MUNDO