Cuiabá, 18 de Julho de 2024
DÓLAR: R$ 5,54
FTN Brasil | Jornal de Verdade

Entretenimento Sexta-feira, 08 de Março de 2024, 11:02 - A | A

08 de Março de 2024, 11h:02 A- A+

Entretenimento /

Horto Florestal estará aberto excepcionalmente no domingo (10)

A ação faz parte das comemorações do Dia Internacional da Mulher

DANILO FIGUEIREDO
DA REDAÇÃO

No domingo, dia 10, o Horto Florestal Tote Garcia, estará de portas abertas em caráter excepcionalmente para receber o público em geral para celebrar o Dia da Mulher, comemorado no dia 8. A programação acontecerá das 7h às 10h30 sendo coordenada pela Pastoral Arquidiocesana da Ecologia Integral. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente apoia a iniciativa e participará do evento.

Haverá uma roda de conversa com o tema “Violências contra as mulheres e a relação do feminino com a Ecologia Integral, finalizando com um piquenique oportunizado pelos participantes que estão sendo instruídos a levar um lanche para a confraternização.

A ideia é conversar sobre a violência contra a mulher e refletir sobre a relação do feminino com a ecologia integral. Será um momento de espiritualidade, partilhas, reflexões, testemunhos e contemplando a natureza, que traz a serenidade e calmaria necessária para a paz interior

A roda de conversa também é um momento para discutir os elementos da ecologia integral e as dimensões humanas e sociais e a relação do feminino com a pastoral da ecologia integral. Uma troca de experiências envolvendo os elementos da natureza e a sua relação com Deus.

Acesse nosso canal de notícias no WhatsApp pelo link: FTN BRASIL

A coordenadora geral da Pastoral da Ecologia Integral, Olindina Bezerra, destacou que o Horto Florestal já desenvolve um importante trabalho na área da educação ambiental e que contribui com o desenvolvimento do ser humano. Portanto, um local propício para receber as pessoas que desejarem participar.

Para a advogada e psicanalista Mariluci Galdino Delgado, que assessora a Pastoral da Ecologia da Arquidiocese de Cuiabá, a questão da mulher é mais abrangente, não é só a mulher, tendo em vista que representa mais da metade da população e participa ativamente da sociedade, portanto, é uma questão que importa a todos.

“Reforço a necessidade nesses movimentos realizados no mês de março, não mencionar apenas esse aumento da violência doméstica e a necessidade de fazer a denúncia, mas principalmente, que seja aproveitado para falar da necessidade de políticas públicas, de geração de renda, de moradia, educação e cultura. Precisamos avançar com referência a efetividade das denúncias, não basta somente pedir para denunciar, mas é preciso dar resposta e soluções para as situações de violência que se apresentam. É preciso atuar na diminuição das diversas violências, que vão além da violência física e doméstica, a mulher está envolvida em todos os segmentos. A falta de moradia e as indígenas lutando por suas terras também sofrem e centralizar as políticas públicas”, explicou.

No dia 8 deste mês também foi realizada uma missa na Catedral Basílica do Senhor Bom Jesus de Cuiabá, com a participação do público em geral pelas vítimas de violência, àquelas que foram mortas, pelas que lutam pela causa e por um mundo mais justo.

SERVIÇO:

Assunto: Roda de conversa com o tema “Violências contra as mulheres e a relação do feminino com a Ecologia Integral.

Local: Horto Florestal Tote Garcia (Rua das Ivan Rodrigues Arrais, s/n – Coxipó da Ponte)

Data: Domingo (10/03)

Horário: 7h às 10h30

Comente esta notícia

Esse est et proident pariatur exercitation