Cuiabá, 24 de Julho de 2024
DÓLAR: R$ 5,66
FTN Brasil | Jornal de Verdade

Cidades Quarta-feira, 28 de Fevereiro de 2024, 12:09 - A | A

28 de Fevereiro de 2024, 12h:09 A- A+

Cidades /

Município de Lucas do Rio Verde é referência em geração de empregos em Mato Grosso

Em 2023, a cidade foi classificada como a 1ª do estado em geração de empregos proporcional à população

PAULA VALÉRIA
DA REDAÇÃO

Terra de oportunidades. O município de Lucas do Rio Verde continua se destacando como polo econômico em ascensão. Considerado o município que mais gera empregos no estado de Mato Grosso, entre os municípios com 81.505 e 91.692 habitantes. De acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), nos últimos 3 anos a Lucas do Rio Verde se manteve com saldo positivo no número de postos de trabalho. 

No ano de 2021, o número de admissões no município foi de 21.373 e o saldo de empregos foi de 2.231. Em 2022 foram 23.560 admissões e 1.856 de saldo positivo. No ano de 2023 foram abertos 25.183 postos de trabalho, com um saldo de 1.456. 

Acesse nosso canal de notícias no WhatsApp pelo link: FTN BRASIL

Para o prefeito de Lucas do Rio Verde, Miguel Vaz os dados são reflexo das ações governamentais e mostram que o trabalho do Executivo Municipal está no caminho certo.

“Temos nos empenhado para criar cada dia mais oportunidades à população. Esses números mostram que o nosso trabalho está produzindo muitos frutos, principalmente na geração de emprego e renda aos luverdenses. Nosso foco também tem sido em facilitar e simplificar o ambiente para os negócios, diminuindo a burocracia, oferecendo serviços de qualidade e acelerando os investimentos em qualificação profissional e infraestrutura. Máquina pública tem que funcionar para que o ambiente se desenvolva”, declarou Miguel Vaz.

Qualidade nos serviços públicos e qualificação profissional

A Prefeitura de Lucas do Rio Verde está empenhada em criar oportunidades para todos, impulsionando o crescimento econômico e melhorando a qualidade de vida dos cidadãos. Um dos principais pilares desse esforço é a promoção da mão de obra qualificada, entendendo que talentos bem preparados são essenciais para o desenvolvimento sustentável. 

“Lucas tem essa vocação na veia: de gerar e agregar valor. E essa agregação de valor passa pela mão de obra qualificada e por um ambiente sustentável para os empresários e empreendedores. Tudo isso para melhorar a qualidade de vida dos cidadãos”, destacou o gestor municipal.

Visão abrangente 

Os investimentos pelo município inclui as áreas essenciais como: saúde, educação, infraestrutura e habitação. O desenvolvimento econômico genuíno só pode ser alcançado quando há um equilíbrio entre esses elementos. Ao melhorar a infraestrutura, garantir acesso à saúde e à educação de qualidade, e promover condições dignas de moradia, com uma uma base sólida para o progresso sustentável da população.

Além disso, o Executivo tem investido e firmado parcerias na área de qualificação profissional, ofertando diversas vagas de cursos profissionalizantes para a população. Dentre os programas estão o “Qualifica Lucas do Rio Verde” e o “Ser Família Capacita”.

Com mais de 700 vagas já ofertadas gratuitamente, o Qualifica Lucas do Rio Verde é realizado em parceria com o Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) e oferece cursos em 11 áreas de conhecimento. O objetivo do projeto é capacitar 1.000 pessoas, em especial àquelas em busca do primeiro emprego, até o final de 2024.

Já o Ser Família Capacita, programa do Governo do Estado, realizado em parceria com a Prefeitura de Lucas do Rio Verde e Senai, ofereceu, de forma gratuita, cerca de 350 vagas de capacitação profissional, que contemplam diversas áreas de atuação. Neste projeto, os usuários dos serviços do Centro de Referência da Assistência Social (Cras) são considerados grupos de prioridade para o preenchimento das vagas.

Empresas ativas

Dados da Secretária Municipal de Fazenda mostram que, até o final de 2023, Lucas contava com 11.942 empresas constituídas no município. Quase o dobro do número no início de 2021, quando o município contava com 6.337 empresas ativas, entre MEIs, Microempresas e empresas de pequeno, médio e grande porte.

Acesse os dados do Painel de Informação do Novo CAGED.

Comente esta notícia

Esse est et proident pariatur exercitation